Na manhã desta terça-feira (21) foi realizada a solenidade que marcou o início dos cursos profissionalizantes de Operador de Retroescavadeira e Montagem de Motor a Diesel, ministrados pelo SENAI, por meio de uma parceria entre o governo do Pará e o município de Curionópolis. Os 40 jovens estudarão aulas teóricas e práticas ao longo de dois meses.

O curso de Operador de Retroescavadeira é ministrado nas instalações do Centro Técnico Esportivo de Curionópolis (CTEC), onde no passado funcionaria a Estação do Conhecimento. A Prefeitura reformou totalmente a estrutura e disponibilizou para a comunidade o CTEC durante a programação do aniversário de 30 anos da cidade.

“Curionópolis recebeu uma verba de oito milhões de reais na gestão passada para colocar esse centro técnico para funcionar e isso não aconteceu, e ninguém sabe onde foi parar o dinheiro! Agora a atual gestão colocou a estrutura pra funcionar e as empresas não terão mais desculpas na hora de contratar nossos jovens, dizendo que eles não são qualificados”, afirmou o presidente da Câmara, Francisco Aderbal.

“Quem mora há muito tempo em Curionópolis sabe que já poderiam ter disponibilizado este espaço antes, mas não fizeram. A nossa gestão está apostando no crescimento da nossa sociedade, da nossa juventude, das famílias curionopolenses. A juventude da nossa cidade pode se sentir contemplada! Nós estamos trabalhando incansavelmente para proporcionar a eles novos cursos, aqui, dentro do município, de forma gratuita, contribuindo assim com a sua formação profissional e conquista de um espaço no mercado de trabalho”, destacou o prefeito.

A solenidade contou com a presença também do vereador Júnior Brito, da secretária municipal de Educação, Lêda Viveiros, e da representante da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) no município, professora Amparo.

“Fiquei sabendo pelo anúncio na cidade que a Prefeitura estava trazendo os cursos, e eu queria me qualificar em mais uma profissão, aproveitei essa oportunidade e me inscrevi”, relatou o jovem Wellinton Carvalho, que atua profissionalmente como pintor. Já Ana Carla Lopes, que é a única mulher da turma, disse que já trabalhou em alguns empregos, mas nunca conseguiu se profissionalizar.

“Esse curso é bem caro, se for pra pagar, sem essa ajuda do município, que a gente está tendo agora, seria impossível pra mim. Vou até o fim do curso, com garra e determinação. Quero agradecer ao governo municipal por estar nos proporcionando esta oportunidade”, afirmou a jovem.  

De acordo com o professor do SENAI, Eugênio Célio, que participou da solenidade, os cursos terão a parte prática e teórica. Em Serra Pelada será ministrado o curso de Montagem de Motor a Diesel, “fiquei impressionado com o número de mulheres que se inscreveram para este curso”, destacou o professor. 

Comentários