Pelo terceiro ano participando da premiação do instituto internacional Great Place to Work® (GPTW) em parceria com a revista ÉPOCA NEGÓCIOS, publicação da Editora Globo, que pesquisa e divulga as Melhores Empresas para Trabalhar, a Celpa figura a 58º posição, se mantendo como a única empresa genuinamente paraense mais bem colocada no ranking das 150 empresas reconhecidas pela GPTW.

A cerimônia de premiação ocorreu no dia 13 de agosto, em São Paulo e contou com a presença dos principais executivos das organizações participantes. Este ano, 2.300 empresas fizeram inscrição para participar da avaliação, um número que tem crescido a cada ano. No entanto, apenas 1.100 foram certificadas. As 150 empresas classificadas foram divididas em três categorias: Grandes, que têm mil funcionários ou mais; Médias Multinacionais, que possuem entre 100 e 999 empregados, e Médias Nacionais, também com número de funcionários entre 100 e 999.

A metodologia utilizada para montar o ranking consiste em algumas etapas: a certificação das empresas por parte da GPTW, a apresentação de evidências das práticas culturais e de gestão informadas pelas companhias inscritas e a avaliação do índice de confiança dos funcionários com o ambiente de trabalho, tudo na visão dos próprios colaboradores. A Celpa, que atua há mais de cinco anos sob a gestão do Grupo Equatorial Energia, continua se destacando por trabalhar de maneira arrojada, inovadora e sustentável, dentro de um intenso processo de transformações, que começa de dentro para fora, sempre com foco em gente como um dos mais importantes pré-requisitos de evolução e que busca refletir diretamente no atendimento ao cliente.

“Independentemente da posição que conquistamos, estar no ranking das melhores empresas para se trabalhar no Brasil pelo terceiro ano consecutivo é motivo de muito orgulho e alegria, porque consolida as nossas práticas e modelo de Gestão de Pessoas”, comemora a Diretora Corporativa de Gente e Gestão, Carla Medrado

O Presidente da Celpa, Nonato Castro, avalia a permanência da Celpa no ranking como a consolidação do modelo de gestão. “ Estamos sempre trabalhando para atingir nossos objetivos e superar nossos desafios. E nossos colaboradores têm papel fundamental nessa trajetória. Por isso, a busca constante por desenvolvimento e um ambiente de trabalho excelente não para nunca. Só assim conseguiremos nos manter entre as melhores empresas para se trabalhar e oferecer aos nossos clientes um serviço acima do esperado. ”, afirma o presidente.

MODELO DE GESTÃO – A Celpa tem a “Ênfase na Meritocracia” como um de seus principais valores e implanta programas internos com a proposta de cuidar e de valorizar os colaboradores. Isso inclui a promoção de capacitações constantes, implantação de Gestão por Competências e Diagnóstico de Clima. Com essas iniciativas, a empresa tem conseguido contribuir de forma maciça para colocar profissionais de alto nível para atender a população paraense da melhor maneira possível. Essas medidas também impulsionam a melhoria do clima e a sinergia entre os colaboradores no ambiente de trabalho.

Para Alzemira Kimmel, que é colaboradora da Celpa há 17 anos e atualmente trabalha na gerência corporativa de Desenvolvimento de Fornecedores e Serviços Compartilhados, é motivo de felicidade e orgulho a nossa permanência durante esses 3 anos no ranking da GPTW. “ Quando o Grupo Equatorial assumiu a gestão da Celpa, eu percebi logo a mudança no clima da Companhia. Além disso, me senti valorizada e pude crescer e me desenvolver como pessoa e como profissional, num ambiente motivador e agradável”, diz Alzemira.

A Equatorial Energia é uma holding com expressiva atuação no setor elétrico brasileiro, à frente da gestão das distribuidoras Celpa – Centrais Elétricas do Pará, Cemar – Companhia Energética do Maranhão e agora também da Cepisa – distribuidora do Piauí que antes era gerida pela Eletrobras. Em tempo, a Cemar, pelo oitavo ano consecutivo, é reconhecida pelo Instituto GPTW como uma Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil. Neste ano, a distribuidora do Maranhão subiu uma posição em relação ao ano passado e conquistou a 21ª colocação no ranking.