Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Home Notícias Destaques Dia de Finados levará milhares de visitantes aos cemitérios de Parauapebas

Dia de Finados levará milhares de visitantes aos cemitérios de Parauapebas


Dezenas de milhares de pessoas deverão comparecer hoje, (2), aos dois cemitérios da capital do minerio , , para prestar homenagem aos parentes, amigos  e personagens públicas nesta segunda-feira  de Finados.



Somente no Cemitério do bairro Rio Verde, são esperados hoje cerca 30 mil pessoas. Segundo a administração do cemitério.




Quem já foi visitar e homenagear os entes e amigos, pode perceber a reforma feita pela Prefeitura de Parauapebas, atraves da Secretaria Municipal de Urbanismo – SEMURB nos cemitérios de Parauapebas.




No dia de hoje também é comum ver a presença de vendedores em frente aos cemitérios comercializando flores, isqueiros, velas, tumbas e até mesmo pacote de reformas de túmulos.

Para Maria Francisca ” Com a falta de emprego em Parauapebas, aproveitamos o dia de hoje para trabalhar, muitas pessoas esquecem de comprar velas, flores e isqueiros, e aproveitamos isso para complementar a renda da familia” finaliza.




Saiba a origem do Dia de Finados e como data é lembrada no mundo

Dia de Finados, 2 de novembro, é conhecido no Brasil como a data marcada por idas ao cemitério. Em outros lugares do mundo, a efeméride tem o mesmo significado mas é lembrada de formas diferentes. No México, por exemplo, as pessoas têm o costume de fazer grandes festas e usar fantasias coloridas de caveiras para homenagear os mortos.

A origem deste feriado remete ao ano 998. Antes, já existia o costume de se enterrar e se rezar pelos mortos, mas a data de 2 de novembro foi oficialmente instituída por um monge beneditino, Odilo de Cluny, que viveu do ano 962 ao ano 1049.

Na data, o monge ordenou aos clérigos de sua abadia e a todos aqueles que seguissem a Ordem Beneditina que deveriam rezar pelas almas dos mortos. O costume se popularizou a partir do século XII, quando deixou de ser algo somente da igreja.

 

Texto: Josélio Martins




Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Erika Gomes (Bloco Me Leva)

Nome: Erika Gomes Representante: Bloco Me Leva Idade: 24 anos Profissão: Do lar Estado Civil: Casada Patrocinadores: Espaço Bela Unhas, Elizabete MakeUp, Jack Bronze. Bloco Me Leva: Fundado em 2004,...

Concurso Musa do Carnaval 2019

O concurso Musa do Carnaval de Parauapebas está na sua quarta (4a) edição em 2019. E é hora de você poder votar na sua...

Yhandra Feitosa Dias (Bloco do Bezerra)

Nome: Yhandra Feitosa Dias Representante: Nessa onda eu vou, bloco do Bezerra Idade: 18 anos Profissão: Design e cabeleireira Estado Civil: Solteira Sonho: Ter uma clínica de estética Frase: A...

Aldineia (Bloco do Pessoa – Beijou Bye Bye)

Nome: Aldineia Representante: Bloco do Pessoa – Beijou bye bye Idade: 22 anos Profissão: Autônoma Estado Civil: Solteira  Bloco do Pessoa – Beijou bye bye

Raiza dos Santos (Bloco Cala Boca e Me Beija)

Nome: Raiza dos Santos Silva Representante: Bloco Cala a Boca e me Beija Idade: 28 anos Profissão: Frentista Estado Civil: Solteira Patrocinadores:  Wangela make e Hair, Centro de Estética...

Comentários