A Vale deve reduzir a meta de produção de minério de ferro para 2015 de 376 milhões de toneladas para 345 milhões a 355 milhões de toneladas da commodity, segundo relatório do banco BTG Pactual. O corte será feito devido à suspensão na produção da Samarco, após o rompimento da barragem em Mariana (MG), e à racionalização dos custos elevados de operação.

No relatório que prevê corte na produção da Vale, o banco também fez novas estimativas para os preços do minério de ferro. O BTG espera uma cotação média de US$ 47 a tonelada no ano que vem e de US$ 45 a tonelada em 2017. As projeções anteriores do banco previam um preço médio de US$ 60 a tonelada em 2016 e 2017.

Nos nove primeiros meses de 2015, a produção da Vale somava 248 milhões de toneladas de minério de ferro, cerca de 11,8 milhões de toneladas a mais na comparação com o período de janeiro a setembro do ano passado. No terceiro trimestre, a mineradora bateu recorde e produziu 88,2 milhões de toneladas.

Nesta quarta-feira (25), o minério de ferro com 62% Fe para entrega no porto de Qingdao, na China, na modalidade custo e frete (CFR) subiu para US$ 44,07, segundo índice da Metal Bulletin. Ontem (24), o preço da commodity foi o menor registrado desde maio de 2009.

A produção de aço na China deve diminuir de 1% a 2% entre o ano que vem e 2018, segundo o BTG, que antes previa um crescimento nessa mesma faixa. As exportações de aço do país asiático devem ser de 80 milhões a 100 milhões de toneladas. Quanto às importações chinesas de minério de ferro, devem permanecer estáveis em relação à estimativa anterior de 1 bilhão de toneladas até 2018, de acordo com o banco.

O BTG Pactual disse também que a mineradora brasileira deve suspender, no ano que vem, o pagamento de dividendos. No relatório, o banco também reduziu o preço-alvo dos papéis da Vale de US$ 6,50 para US$ 4,50, devido às novas estimativas para o preço do minério de ferro, baixos preços dos metais básicos e ao acidente com a barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana (MG), que ocorreu no dia 5 deste mês.