Merendeiras de Parauapebas são finalistas em concurso nacional

0
446

Aconteceu, nesta quarta-feira, 27, em Brasília (DF), a grande final do concurso “Melhores Receitas da Alimentação Escolar”, promovido pelo Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 

Parauapebas participa com duas receitas: arroz de cuxá com charque, da merendeira Maria Arlete da Silva, 40 anos, da Escola Novo Horizonte; e escondidinho de frango, da merendeira Vanuza do Nascimento Sousa da Costa, 37 anos, da Escola Mundo Infantil.

 

Os dois pratos compõem a lista das 15 iguarias que chegaram à final do concurso nacional e colocam Parauapebas na disputa pelo título de melhor receita da Região Norte, juntamente com um prato do também paraense de Vitória do Xingu.

 

Nesta última fase, as merendeiras prepararam suas receitas e apresentam a atividade de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) a um júri composto por chef de cozinha, nutricionista, conselheiro de alimentação escolar, aluna da rede pública e convidado representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Serão levados em consideração os seguintes critérios: viabilidade na alimentação escolar, valorização de hábitos locais, criatividade, aroma, sabor, textura e cor.

 

O concurso busca valorizar o papel dos merendeiros, além de promover a formação de hábitos alimentares saudáveis no ambiente escolar e fora dele.

 

Premiação

As autoras das cinco melhores receitas (uma de cada região) serão premiadas amanhã, 28, às 9h30, em cerimônia realizada no auditório do Ministério da Educação, com uma viagem internacional e um prêmio de R$ 5 mil. O evento contará com a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do presidente do FNDE, Idilvan Alencar.

A secretária de Educação, Leila Lobato já está em Brasília acompanhado todo o processo e participará da cerimônia de premiação. “Só de nossas profissionais conseguirem chegar aqui, como finalistas, já as tornam vencedoras, independentemente do prêmio”, descreve Leila Lobato.

 

Entre as finalistas, a expectativa é grande. “Eu me considero vitoriosa de poder representar meu município, declara, feliz, a merendeira Maria Arlete.

 

“Estou muito confiante e, independente do resultado, me sinto realizada por chegar onde cheguei, em meio a duas mil receitas”, comemora Vanusa Nascimento.

 

As receitas foram criadas especialmente para o concurso, a ideia é inseri-las na dieta dos alunos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui