Trending News

Blog

Presidente da Câmara cobra da secretaria de saúde explicações sobre compra de soro fisiológico
Destaques

Presidente da Câmara cobra da secretaria de saúde explicações sobre compra de soro fisiológico 

As explicações foram solitiadas pelo presidente da Câmara de Parauapebas, o vereador Elias de Construforte (PSB), durante a sessão desta terça-feira (25), deixou muita gente de cabelo em pé e se perguntando sobre o porquê de um posicionamento tão rígido do edil, que faz parte da base do governo. “No meu discurso de posse eu disse que não era nem da esquerda e nem da direita, eu estava ao lado do povo”, disse o presidente.

O vereador denunciou na tribuna que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) comprou cerca de 40 mil unidades de soro fisiológico no valor unitário de R$ 4,00 sendo que, em uma rápida pesquisa de preço, no mercado local, foi encontrado o mesmo produto vendido por R$ 1,83. Além disso, Elias da Construforte questionou também que não recebeu retorno do Executivo com relação ao seu requerimento sugerindo o cancelamento do contrato com a Celpa, “hoje venho fazer uma crítica construtiva, enviei ofício dia 10 de abril, recomendando a rescisão do contrato com a Celpa. Até o momento, não recebemos nenhuma comunicação sobre o assunto. Encaminharei o ofício ao MP, acusando a ilegalidade na gestão anterior e provavelmente mantida nesta gestão atual”, destacou o vereador.

Outro assunto que recebeu destaque durante a sessão desta terça-feira foi o requerimento 7/2017, que solicitava o aditamento do objeto da CPI de investigação da VALE, que foi instaurada para apurar suposto calote praticado pela empresa contra empresários e trabalhadores de Parauapebas, a proposta foi aprovada pela maioria dos vereadores e agora a CPI também vai investigar possíveis danos ambientais com a construção do Ramal Ferroviário, que passa por dentro da cidade.

A equipe do Portal Noticias de Parauapebas entrou em contato com a assessoria de comunicação da mineradora da Vale e com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde sobre os assuntos mencionados na matéria, tendo a ascom da Vale ainda não respondido o e-mail até o fechamento da matéria, já a ascom da saúde emitiu o seguinte comunicado.

Comunicado

 A Secretaria Municipal de Saúde (Saúde) irá se pronunciar sobre o assunto solicitado assim que o secretário, Francisco Cordeiro, estiver no município.

 

Grato pela compreensão.

Ascom/PMP

 

Comentários

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *