Todos os dias os resultados do investimento realizado pelo governo municipal na zona rural de Parauapebas, são demostrados pelos agricultores com sorriso no rosto e a felicidade de fazer uma colheita, esse é o caso do produtor rural, Raimundo da Silva, que realizou a primeira colheita do ano, com uma produção de 8 mil quilos de melancia.

“Esse é um momento de felicidade, colher o fruto do nosso trabalho, essa é primeira colheita do ano, mais ainda vamos colher mais. Todo semana vendemos 60 caixas de maracujá. A prefeitura nos ajuda com apoio dos técnicos, trator, adubo e até o caminhão para transportar a mercadoria. Temos ajuda e temos que trabalhar para produzir”, comemora o agricultor, que está entre centenas de produtores rurais atendidos pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror).

A produção de melancia do agricultor é vendida diretamente no Centro de Abastecimento de Parauapebas (Cap) e nos supermercados da cidade, assim como o feijão, goiaba, abobora e maracujá que fazem parte dos produtos plantados por ele. “Ano passado tirei 35 mil quilos de melancia. O dono da propriedade da Fazenda Vale do Rio Novo deixa a gente plantar no local, mas com esse governo melhorou 100%, os técnicos da Sempror estão sempre nos ajudando”, conta.

Para o secretário de Produção Rural, Rinaldo Borges, o mais importante é chegar nesse momento da colheita, mostrar os resultados dos investimentos realizados pelo governo municipal na agricultura familiar. “É maravilhoso vê o produtor feliz com o fruto do seu suor. Recebeu o apoio necessário na hora certa, plantou e colheu. A Prefeitura tem o compromisso com a agricultura familiar, e esse é um exemplo, mais temos outros na produção de milho e leite. Estamos levando a tecnologia para os produtores e os insumos que eles precisam”, destacou o secretário.

Somente na região da Palmares I, onde fica a plantação de seu Raimundo, mais de 300 produtores recebem incentivos do Governo Municipal.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here