Mulher provoca aborto e joga bebê dentro da lixeira em hospital de Parauapebas

0
444

Mais um crime chocou populares de Parauapebas e região neste final de semana. Desta vez não foi nenhum acidente automobilístico, como vem se tornando rotina nos finais de semanas, porém, o caso revoltante aconteceu nas dependências de um hospital particular da cidade.

De acordo com informações repassadas pela Delegada de Polícia Civil Raissa Belebone à imprensa local, uma jovem de 19 anos de idade, de prenome Jaqueline, teria tomado remédios abortivo, provocando assim o abordo de uma criança que tinha seis meses de gestação.

As informações dão conta que Jaqueline teria abortado em uma clínica particular no bairro Rio Verde, e para tentar esconder a criancinha, teria enrolado o corpo em papel higiênico e jogou em seguida em um cesto de lixo.
Logo que funcionários do hospital perceberam o ato, acionaram as autoridades policiais e em seguida Jaqueline foi conduzida à Superintendência de Polícia Civil de Parauapebas, onde a acusada confirmou o crime e confidenciou que o pai da criança não sabia de sua gravidez.

Logo após ser ouvida pela Delegada Raissa Belebone, a acusada de prenome Jaqueline recebeu voz de prisão, porém, pagou fiança, foi advertida para não deixar o município sem prévia autorização das autoridades policiais e aguardará o julgamento do caso em liberdade.

Fonte/Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Enviada via WhatsApp

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.