Moradores do bairro Dos Minérios iniciam trabalhos na HORTA COMUNITÁRIA

Texto e foto: Francesco Costa

0
467
fim de semana foi de trabalho na HORTA COMUNITÁRIA do bairro Dos Minérios, onde os cadastrados no programa se reuniram e, em uma força de trabalho, deram inícios aos trabalhos; tendo como primeira tarefa, limpar a área e planejar como e o que será planado no local. A participação do Secretário Municipal de Habitação, Crhistian Miranda, foi efetiva, fazendo junto com os participantes todas as tarefas e no intervalo almoçou com eles enquanto falavam dos planos quando iniciarem a colheita das frutas, verduras e legumes que serão plantados ali.
Para Crhistian Miranda, esta foi a PEDRA FUNDAMENTAL, marcando o início da construção deste tão esperado projeto. “E assim, vamos com a força e querer dos cadastrados, construir este projeto no qual os beneficiados são os próprios  construtores que poderão, além de ter melhor alimentação, aumentar a renda de suas respectivas famílias”, vislumbram Crhistian Miranda, detalhando que isso será possível em uma área de aproximadamente 1 hectare, onde a força dos moradores daquela localidade, que se interessarem, poderão cultivar diversas plantas, entre elas: pimentas, quiabo, jiló, tomate, pepino, abóboras, maxixe, couve, alface, coentro, cebola etc.
O projeto HORTA COMUNITÁRIA é uma iniciativa da SEHAB (Secretaria Municipal de Habitação de Parauapebas) com apoio técnico da SEMPROR (Secretaria Municipal de Produção Rural) que deve ser desenvolvido pela comunidade com o apoio do governo municipal. “Mas devo lembrar-lhes de novo, que, essa horta não é do secretário, não é do prefeito, nem de nenhum coordenador ligado ao governo. Esta horta é da comunidade deste bairro. Devendo, portanto, ser construído, primeiro, com o esforço, dedicação e boa vontade década um que a isto se propor”, lembra o secretário, ao participar da força de trabalho que ocorreu durante todo o sábado, 28.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.