Mineradora prevê contratar até 160 para ‘a descoberta’ de minério

0
2808

A Mineração Santa Elina (MSE) descobriu, em Rondônia, minério de zinco com chumbo associado após dez anos de investimentos em pesquisa geológica. Para a empresa, essa talvez seja uma das mais importantes descobertas minerais do Brasil nos últimos anos. A jazida denominada “DM1”, localizada em Nova Brasilândia D’Oeste, está passando por lavra experimental e sendo preparada para o início do processo de extração e beneficiamento, com perspectivas de geração de muitos empregos e renda na região.

A lavra experimental compreende extração de pequena parte da jazida, com o respaldo de guias de utilização emitidas pela Agência Nacional de Mineração (ANM) e da Licença de Operação (LO) emitida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam). O minério bruto explorado nesta etapa experimental foi enviado para testes em Minas Gerais e, também, para degustação do mercado chinês.

O projeto da MSE prevê contratação de 120 funcionários até o fim da implantação da usina de beneficiamento (período de obras), com perspectiva de aumentar para 160 quando a usina estiver em pleno funcionamento, a partir do fim do ano que vem, privilegiando a mão de obra local. Somem-se a isso as novas oportunidades de trabalho que devem ser criadas por meio de prestadoras de serviços contratadas para abertura e desenvolvimento da mina. (Edição Assopem | Com informações do Portal Rondônia)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.