A Mineração Santa Elina (MSE) descobriu, em Rondônia, minério de zinco com chumbo associado após dez anos de investimentos em pesquisa geológica. Para a empresa, essa talvez seja uma das mais importantes descobertas minerais do Brasil nos últimos anos. A jazida denominada “DM1”, localizada em Nova Brasilândia D’Oeste, está passando por lavra experimental e sendo preparada para o início do processo de extração e beneficiamento, com perspectivas de geração de muitos empregos e renda na região.

A lavra experimental compreende extração de pequena parte da jazida, com o respaldo de guias de utilização emitidas pela Agência Nacional de Mineração (ANM) e da Licença de Operação (LO) emitida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam). O minério bruto explorado nesta etapa experimental foi enviado para testes em Minas Gerais e, também, para degustação do mercado chinês.

O projeto da MSE prevê contratação de 120 funcionários até o fim da implantação da usina de beneficiamento (período de obras), com perspectiva de aumentar para 160 quando a usina estiver em pleno funcionamento, a partir do fim do ano que vem, privilegiando a mão de obra local. Somem-se a isso as novas oportunidades de trabalho que devem ser criadas por meio de prestadoras de serviços contratadas para abertura e desenvolvimento da mina. (Edição Assopem | Com informações do Portal Rondônia)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here