IBGE prevê abrir 300 mil vagas para fazer a coleta dos dados em todo o país

0
1027

Em coletiva de imprensa realizada recentemente para discutir o andamento do Censo Agropecuário 2017, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que tem discutido junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) a realização do Censo Demográfico 2020.

Foi revelado que o instituto pretende contratar 300.000 profissionais temporários por meio de concurso para fazer a coleta dos dados em todo o país. O orçamento para a sua realização deverá ficar entre R$ 2,5 bilhões e R$ 3 bilhões, disse o presidente do instituto, Roberto Olinto.

GRUPO TÉCNICO
Conforme publicado pelo O Estado de S.Paulo, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, chegou a comentar que trabalhará para garantir as verbas. “Batalharemos e buscaremos recursos necessários. Sem nenhuma sombra de dúvida, o Brasil realizará o Censo Demográfico”, explicou. O objetivo do órgão é coletar as informações em 2020 e já divulgar os dados no mesmo ano. Vale ressaltar que para que isso aconteça será necessário que o concurso IBGE seja realizado em 2019.

“O grupo técnico deste ano já está discutindo (o censo demográfico). Ano que vem começa a acelerar, tomar decisões, em 2019 tem de fechar tudo. Em 2020 vai para a coleta”, enfatizou o presidente do instituto.

Censo Demográfico
O cargo de destaque dos censos sempre é de recenseador, que na seleção anterior contemplou 191.972 vagas e exigiu apenas nível fundamental completo. Os ganhos oferecidos para a função variam de acordo com o número de informações coletadas.

As demais funções necessárias para as pesquisas são as seguintes: agente regional, agente administrativo, agente municipal, agente de informática e agente supervisor. O Censo compreendeu um levantamento minucioso de todos os domicílios do país. Nos meses de coleta de dados e supervisão, os recenseadores visitam milhões de domicílios nos 5.565 municípios brasileiros para colher informações sobre quem somos, quanto somos, onde estamos e como vivemos.

último concurso

Foi em 2010 que ocorreu o último censo realizado pelo instituto e na ocasião foram abertas mais de 200 mil vagas distribuídas entre os cargos de recenseador, agente regional, agente administrativo, agente municipal, agente de informática e agente supervisor. Houve provas objetivas com questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, e, dependendo do caso, treinamento, de caráter eliminatório.

(Diário dos Concursos)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui