Flores, respeito e denúncia para combater a violência contra a mulher

0
384
Na contramão da violência, denúncia, flores, amor e respeito. Essa foi a mensagem levada por mulheres da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) durante a Blitz das Flores, que aconteceu na manhã de sábado, 08, pelas ruas de Parauapebas.
Motoristas e pedestres foram abordados para sensibilização quanto ao enfrentamento da violência contra a mulher e necessidade de denúncia de agressores, uma ação que faz parte do aniversário de 9 anos da Lei Maria da Penha, e acontece de 07 a 23 de agosto.
Promulgada em 07 de agosto de 2006, a Lei é considerada braço direito da mulher. Nasceu com objetivo de combater a discriminação, estimular a prevenção, erradicação e punição da violência doméstica e familiar contra a mulher. “Agora, não atuamos somente em caráter investigativo, mas também como proteção e prevenção à violência”, explica Ana Carolina Abreu, delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).
De acordo com a delegada, a rede de atendimento à mulher oferecida pela Semmu tem desempenhado um papel essencial no acompanhamento às vítimas de violência na cidade.
Composta pela Defensoria da Mulher, Casa da Mulher, Casa Abrigo e Centro de Referência da Mulher, a rede oferece desde o acolhimento até assistência jurídica, psíquica e assistencial, “uma forma de dar suporte e incentivar mulheres a interromper a rotina de violência que possa estar vivendo. A Semmu tem sido uma grande parceira nesse processo”, assume Ana Carolina.
Segundo a secretária da Semmu, Cimeire Silva, a lei foi um grande marco na conquista dos direitos da mulher, no entanto, não só a mulher agredida como a comunidade também pode contribuir na luta contra a violência. “Não podemos ser coniventes com qualquer que seja o tipo de violência. Precisamos ter atitude e denunciar agressores”, disse Cimeire.
Canais de comunicação estão à disposição da mulher que sofra qualquer tipo de violência ou de testemunhas: Disque Denúncia Contra a Mulher (180), Polícia Militar (190) e Delegacia da Mulher: (94) 3346-8188.
Programação e abertura
Para marcar a data da promulgação da Lei Maria da Penha, mulheres do Projeto Movimentação da Secretaria Municipal da Mulher (Semmu) realizaram, na sexta-feira, 07, a abertura da programação de aniversário de 9 anos da Lei, com apresentação de dança. A abertura aconteceu dentro da Mostra de Artes dos Servidores Públicos de Parauapebas (Maspp), no Ginásio Poliesportivo.
A programação continua até dia 23 de agosto com palestras socioeducativas e informativas sobre a Lei Maria da Penha, que serão ministradas por assistentes sociais, advogadas da Defensoria da Mulher e pela delegada da Mulher, Ana Carolina Nunes, em escolas e empresas.
Nos dias 22 e 23, a 5ª Edição da Copa Intermunicipal Maria da Penha encerra a programação. O evento esportivo reunirá equipes de Marabá, Eldorado do Carajás, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Parauapebas.
Programação
 
De 11 a 14 de agosto
Palestras Socioeducativas e Informativas sobre a Lei Maria da Penha
Local: Escolas e empresas, a partir das 19h
Dia 22 de agosto
Abertura da Copa Intermunicipal Maria da Penha
Local: Complexo Esportivo Rio Verde, a partir das 8h
Dia 23 de agosto
Final da Copa Intermunicipal Maria da Penha
Local: Estádio Rosenão, a partir das 15h

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.