Dono de pitbull que matou bebê de três meses de idade pode ser indiciado

645

Pitbull

A polícia está investigando se o cachorro da raça pitbull que neste domingo (01) matou uma criança de apenas três meses de vida vivia solto e se o animal já tinha atacado outras pessoas. Caso isso se confirme, o dono do cão pode responder criminalmente.
O ataque do pitbull ocorreu no início da noite de domingo no Bairro Casas Populares I, em Parauapebas, no momento em que o bebê era conduzido no colo de uma adolescente de 17 anos de idade e acabava de passar pelo portão do vizinho dono do cachorro. As duas foram violentamente atacadas pelo feroz animal.
Ouvido pela reportagem, Raimundo Pereira, tio da bebezinha, contou que a sobrinha dele, de nome Ketlen Vitória, faria três meses de vida nesta segunda-feira, 2 de junho. “A família toda está arrasada com essa tragédia.
Um cachorro desse não pode ficar solto. Os donos do animal têm que ser responsabilizados”, lamentou, acrescentando que a menina foi mordida no início da noite de domingo e morreu na madrugada desta segunda-feira (2).
A reportagem apurou que no momento do ataque do cão os pais da pequena vítima haviam saído rapidamente para comprar uma pizza. Em dado momento, a adolescente se dirigiu até a casa onde estava o cachorro pitbulllevando a pequena Vitória nos braços. Ao passar pelo portão da residência onde a jovem costumava frequentar, as duas foram atacadas.
A jovem que estava com a criança no colo teve ferimentos no rosto, foi encaminhada ao hospital municipal Teófilo Soares e já teve alta.
Procurado para falar sobre o assunto, o delegado Thiago Carneiro informou que já havia identificado os proprietários do animal e estava ouvindo os familiares da pequena vítima. “Estamos apurando se o cachorro vivia solto e se já tinha atacado outras pessoas, para então decidir se o dono do cão pode responder ou não criminalmente”, informou a autoridade policial.
Ainda abalados com a tragédia, a família da pequena vítima e os proprietários do pitbull não quiseram falar com a imprensa.

(Vela Preta/Waldyr Silva)

Comentários