Hoje 22, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) aprovaram em assembleia geral juntamnete com o Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Pará (Sindetran) a greve da categoria.

O efetivo que atenderá a população durante movimento de greve ainda será definido com a assessoria juridica do sindicato.

 A adesão foi de 90% dos servidores da capital e 87% do interior. As atividades devem ser paralisadas a partir da próxima quinta-feira (28).

O efetivo que atenderá a população durante movimento de greve ainda será definido com a assessoria juridica do sindicato. “Nosso intuito é fazer a greve dentro da legalidade. Não queremos prejudicar a população, mas sim garantir nossos direitos”, afirma o presidente do sindicato.

As reivindicações são: diárias do estado de R$ 180 (reposição de 33,33%); auxílio alimentação de R$ 786,25 (reposição de 25%); Policia Civil e Bombeiro (em cumprimento a Lei Estadual vigente e aos acordos firmados); equiparação da gratificação do risco de vida dos fiscais com a PM, isonomia da GT – Gratificação de Trânsito (Igualdade na GT).

Na pauta social, as reivindicações são revisão da Lei de Reorganização/ Reestruturação Administrativa do Detran; concurso Público em 2015 (em cumprimento ao TAC do MPE),; participação do Sindtran na Comissão de Organização do Concurso (inclusão de representante da categoria escolhido em Assembleia Geral); fim da terceirização dos serviços públicos, entre outras

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here