Bispo é homenageado pela Câmara de Parauapebas com título de Cidadão Honorário

947
O bispo da Diocese de Marabá, dom Vital Corbellini, foi homenageado pela Câmara Municipal de Parauapebas com a comenda Cidadão Honorário no início da sessão ordinária da última terça-feira (30). A concessão da comenda foi aprovada por meio do Decreto Legislativo nº 001/2015, de autoria do vereador Charles Borges.
Vital Corbellini é natural de Boa Vista (RS) e tem 55 anos de idade, 28 deles dedicados ao sacerdócio, trabalhando em diversas paróquias e em missões a serviço da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Em 2012, foi nomeado bispo pelo papa Bento XVI e no mesmo ano assumiu a Diocese de Marabá, composta por dezenas de paróquias do município e região, inclusive a de Parauapebas.
Para Charles Borges, a comenda foi a maneira encontrada para homenagear e agradecer dom Vital pelas ações realizadas ao longo de sua vida, sempre dedicadas à igreja e comunidade. “É um trabalho de grande valia para a região, no sentido da reconstrução familiar, diante da alimentação da fé na nossa alma. A comenda é uma maneira de agradecer pelos relevantes serviços prestados a todas as famílias que a igreja atende”.
Na oportunidade, dom Vital agradeceu à homenagem e ofereceu o título ao povo de Parauapebas, sobretudo, aos pobres e necessitados que lutam pela dignidade e pela vida. O bispo também pediu ao Executivo e ao Legislativo municipal que deem mais atenção às pessoas mais humildes.
“Parauapebas está crescendo, de modo que é preciso dar uma maior atenção aos bairros mais carentes. Vereadores, olhem com carinho para o povo sofrido, para que haja mais postos de saúde, escolas, ruas, vida digna e locais para celebração. Os desafios de Parauapebas são enormes, mas ainda há muitas coisas que podem ser edificadas. Olhemos com mais carinho para aqueles que mais precisam. Agora sou cidadão de Parauapebas e quero viver ainda mais nesta cidade”, destacou.
A comenda foi entregue ao bispo pelo presidente da Câmara, Ivanaldo Braz (SDD). Charles Borges, juntamente com os párocos de Parauapebas, padres Patrick Fernandes e Hudson Rodrigues, também entregou uma medalha em homenagem a Vital Corbellini.
Texto – Nayara Cristina/Ascom-CMP
Fotos – Coletivo Dois.8/Ascom-CMP

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui