Portal Notícias de Parauapebas
Publicidade SEMSA

Gestão da Semed quer mais inovação tecnológica na educação e valorização de servidores em Parauapebas

Sem dúvidas, a Educação é uma das demandas prioritárias em todo município. Em Parauapebas, o trabalho começa pela gestão de políticas de ensino e aprendizagem que envolvem mais de 48 mil alunos, que é só a ponta do ‘iceberg’.

Quem vai trabalhar com afinco para trazer resultados à pasta, é o filósofo, pedagogo e especialista em Gestão Escolar e Planejamento, Implementação e Educação à Distância, José Leal Nunes, de 43 anos.

Assim como a maioria da população, o gestor deixou o Maranhão há 19 anos em busca de oportunidades de trabalho em Parauapebas. Aqui conseguiu acumular uma experiência de 17 anos no serviço público, atuando como professor, diretor, orientador, coordenador e gestor de convênios em escolas na rede municipal e estadual.

Para José Leal, suas características principais como humildade, dedicação e determinação, vão lhe ajudar bastante neste novo desafio de liderar as principais demandas do Governo Darci Lermen, que busca melhorar a qualidade da educação no município.

“Administrar uma Secretaria complexa e maior do que muitas prefeituras da região sudeste do Pará e do Brasil é um grande desafio. Atualmente a Semed conta com cerca de 2 mil educadores (professores, gestores escolares e técnicos), mais de 48 mil alunos, distribuídos por 71 escolas, além de mais de 20 departamentos”, mensura ele.

Em sintomia com as expectativas e as diretrizes do Governo de Darci, José Leal pretende melhorar os índices de educação do município, ampliar as políticas de valorização dos servidores, investir em tecnologias educacionais, revitalizar projetos de apoio pedagógico, sala de leitura e implantação das escolas de tempo integral.

O gestor avalia que haverá muitas oportunidades ao passar dos anos com o desenvolvimento de Parauapebas. “Com os projetos que o Governo está desenvolvendo, como o Prosap, de inovação e modernização da gestão pública, inclusive da educação, além de tantos outros, nossa cidade será uma referência na Região Norte e em todo o Brasil”, conclui.

Comentários