Sem cobrança de ingressos, Amado Batista se apresentará na FAP 2017 com show de portões abertos

0
9551

Confirmado para o dia 10 de setembro, um domingo, o show do cantor mais amado do Brasil, na ultima noite da Feira Agropecuária de Parauapebas- FAP.

Amado Batista fará um show com os portões abertos e sem cobrança de ingressos para finalizar a feira com chave de ouro no Parque de Exposições Lázarode Deus Vieira Neto.

Amado Batista- Sua trajetória tem um enredo parecido com o de muitos artistas brasileiros: origem humilde e pobre, o sonho de ficar famoso, os percalços enfrentados até chegar ao topo. Amado Rodrigues Batista nasceu em cidade de Catalão – GO.

Aos 14 anos, foi para a capital e lá trabalhou em diversos ofícios, de faxineiro a balconista, chegando a subgerente de uma livraria. Em 70, aplicou suas economias comprando uma pequena loja de discos, conseguindo nos anos seguintes abrir mais três lojas na capital goiana. Nessa época já compunha e cantava, influenciado principalmente por Roberto Carlos, e foi representante de um pequeno selo de música regional, o Chororó. Por este selo conseguiu lançar seu primeiro compacto duplo em 1975, aos 26 anos. Mas foi no ano seguinte com a gravação de “Desisto” (com Reginaldo Sodré – seu parceiro constante e assistente de produção de seus futuros discos) que ele emplacou.

Em 77, lançou seu primeiro LP, “Amado Batista Canta o Amor”, pelo mesmo selo. Como a Chororó não tinha distribuição nacional, assinou com a Continental, que o faria em breve um dos campeões de vendagem por sua linha popular/romântica, com melodias simples e letras sentimentais e dramáticas. Já em 79, estouraria nacionalmente com a balada “O Fruto do Nosso Amor (Amor Perfeito)” (Vicente Dias e Praião II). Rapidamente, passou a vender anualmente cerca de 1 milhão de discos. Em 82, estrelou o filme “Sol Vermelho”, espécie de autobiografia, entremeada com seus sucessos, sob direção de Antonio Milianet. 

Em mais de  42 anos de carreira, gravou 40, vendeu mais de 35 milhões de discos, recebeu centenas de prêmios, entre eles, 28 discos de ouro, 28 discos de platina e um de diamante.

Em seu último álbum comemorando 40 anos de carreira, o cantor mais Amado do Brasil traz  3 músicas inéditas e 11 regravações.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here