A Polícia Civil deu cumprimento ontem ao mandado de prisão preventiva expedido contra Dário Cardoso Coelho, que é acusado do crime de estupro de vulnerável, em Parauapebas. Ele é acusado de violentar duas crianças, de 10 e 12 anos. A prisão dele é resultado de inquérito policial instaurado para apurar as denúncias dos crimes.

As investigações são presididas pela delegada Ana Carolina Abreu, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), que responde também por crimes sexuais cometidos contra criança e adolescentes.

Segundo a delegada, durante as investigações, o acusado foi ouvido em depoimento e negou que tenha abusado sexualmente das crianças, entretanto, destaca a policial civil, as evidências do crime são claras.

“As vítimas realizaram exame sexológico e o resultado sairá em poucos dias”, destaca Ana Carolina Abreu. Com base nas provas já existentes, a ordem de prisão foi decretada. O acusado está recolhido à disposição da justiça.