Parauapebas tem a terceira gasolina mais cara do estado do Pará

0
839

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicou no início da semana, no Diário Oficial da União (DOU), um ato com alterações na tabela de preço médio de combustíveis a partir sábado (1). No geral, 16 Estados, dentre eles o Pará, tiveram os valores médios da tabela do mês passado mantidos e outros dez Estados (Acre, Alagoas, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul e São Paulo) e o Distrito Federal sofreram alteração.

Mesmo sem alteração no preço, o custo médio da gasolina no Estado do Pará, R$ 4,0430 (vigente desde março passado), se mantém como a segunda mais cara do País. Na primeira posição do ranking nacional também continua o Acre, com preço médio de R$ 4,1566. Para efeito de comparação, na outra ponta da tabela, com o valor mais baixo no preço médio do litro da gasolina, está São Paulo (R$ 3,3740) – diferença de 16,54% em relação ao valor médio do Pará.

Sobre os impostos que incidem na gasolina do Pará continuarem muito altos, a Secretaria da Fazenda informou apenas, através de nota, que “está estudando as oscilações dos preços dos combustíveis, por causa da redução dos preços que foi determinada pela Petrobras”. E acrescentou que “o (PMPF) serve de base para cálculo do ICMS, e reflete o valor médio cobrado ao consumidor”.

 MUNICÍPIOS

Conforme o mais recente levantamento semanal de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre 18 e 24 de junho, o preço médio da gasolina praticado na maioria dos municípios do Pará já ultrapassa a marca dos R$ 4,00. É o caso de Santana do Araguaia, onde o consumidor paga o maior valor médio pelo litro do combustível no País, em torno de R$ 4,578. Na sequência surgem Alenquer (R$ 4,443), Parauapebas (R$ 4,317), Xinguara (R$ 4,242), Conceição do Araguaia (R$ 4,219), Redenção (R$ 4,199), Altamira (R$ 4,124), Abaetetuba (R$ 4,117), Santarém (R$ 4,047), Paragominas (R$ 4,034) e Cametá (R$ 4,000).

Em Belém, a ANP foi a 15 postos e identificou o menor preço pelo combustível em R$ 3,470 e o maior em R$ 3,890 (valor médio em R$ 3,636). Ananindeua, por sua vez, apresentou o menor preço médio do Estado (R$ 3,546).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.