A greve dos caminhoneiros autônomos no Pará chegou ao fim. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou no meio da manhã desta quinta-feira (31) que não registra nenhum ponto de concentração ou bloqueio em rodovias federais paraenses.  No início da manhã de hoje, a PRF ainda registrava concentração de trabalhadores no quilômetro 226 da rodovia BR-163, em Novo Progresso, e no quilômetro 595 da BR-158, próximo o município de Redenção.

Segundo a Polícia Militar, os trabalhadores já deixaram as rodovias estaduais na madrugada de hoje. Os últimos protestos ocorreram em Mãe do Rio, Santa Maria, Marabá, Eldorado do Carajás e Alça Viária. Todos foram encerrados após negociação com policiais. Restavam pontos de menor concentração de caminhoneiros, em processo de desmobilização. Outros não estão com protestos apenas de caminhoneiros. Havia outras pessoas que estavam apoiando o movimento. A greve dos caminhoneiros autônomos no Pará durou 10 dias. Os trabalhadores ficaram mobilizados em 17 pontos de interdição parcial em rodovias estaduais e federais paraenses.

Acordo

O presidente Michel Temer anunciou redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro no último domingo (27). A título de comparação, o presidente disse que esse desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto. O governo federal concordou ainda em eliminar a cobrança do pedágio dos eixos suspensos dos caminhões em todo o país, além de estabelecer um valor mínimo para o frete rodoviário.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here