MPPA investigará servidora que deixou ponto assinado e foi para Copa na Rússia

0
2138

A Promotoria de Justiça da Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa instaurou, na manhã desta terça-feira (26), procedimento investigatório para averiguar possível ato de improbidade administrativa praticado pela funcionária pública Iolanda Vilhena, da Secretária de Estado de Transporte (Setran). A servidora é suspeita de ter preenchido previamente a folha de ponto do mês de junho e ter viajado à Rússia para assistir a Copa do Mundo.

O procedimento investigatório é de autoria do promotor de justiça Rodier Ataíde Barata e pode durar até 90 dias. A funcionária pública está sendo investigada por possivelmente estar em viagem para a Rússia, mas sem autorização, licença ou férias do trabalho. Uma série de imagens publicadas em redes sociais e reproduzidas por meios de comunicação mostram Iolanda supostamente em estádios da Rússia.

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) recebeu denúncias do fato e instaurou o procedimento investigatório para comprovação, ou não, da suposta irregularidade. A investigação pretende comprovar se a viagem realmente ocorreu, se ouve mesmo a assinatura da folha de ponto do mês e se há outros envolvidos no caso.

Em caso de comprovação da irregularidade, a funcionária pública poderá responder por ato de improbidade administrativa, devido à violação de princípios da administração pública, podendo assim perder sua função pública. Caso não seja comprovado, o caso deve ser arquivado.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.