Na tarde desta sexta-feira (20), o José Domingos Araújo Medeiros, 38 anos, mototaxista, matou a facadas, o tambem mototaxista Gilmar Martins Gomes de Sousa, 35 anos, na estrada de chão que dá acesso à Praça da Bíblia, no Bairro Jardim Canadá, em Parauapebas, a poucos metros da Delegacia de Polícia Civil.

O homicídio, ocorrido por volta das 16 horas, foi registrado junto à Polícia Civil pela esposa da vítima, Marciana da Silva, a qual informou que recebeu a notícia de que o corpo do marido dela havia sido encontrado com um grande corte no pescoço.

Em depoimento, Marciana da Silva disse desconhecer o motivo do crime e informou que a moto com a qual ele trabalhava foi encontrada próximo do corpo. Ela disse ainda que não sabia sobre ameaças de morte que porventura a vítima tivesse recebendo, que tivesse envolvimento com tráfico de drogas, briga com alguém, relacionamento extra-conjugal ou dívidas.

No entanto, colegas de profissão da vítima contaram que ele estava saindo com a mulher de outro mototaxista e que este o havia esfaqueado e fugido para a zona rural, prometendo matar também sua esposa, mas foi pre so pela polícia à noite.

A reportagem está levantando junto à Polícia Civil para ouvir o José Domingos Araújo Medeiros quais os motivos que o levaram a matar o colega de profissão.

DSCN7161
Gilmar Martins Gomes de Sousa, 35 anos,
DSCN7132
Gilmar Martins Gomes de Sousa, 35 anos no local onde foi encontrado
10501695_504018199726798_2776839739175945415_n
José Domingos Araújo Medeiros, 38 anos, mototaxista na delegacia

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here