Joelma Leite solicita criação de academia popular para deficientes físicos

0
158

Dentre as proposições aprovadas pelo parlamente durante a sessão ordinária da última terça-feira (27), esteve a Indicação nº 85/2018, de autoria da vereadora Joelma de Moura Leite (PSD), pedindo ao Poder Executivo municipal que promova a construção de uma academia ao ar livre voltada aos portadores de necessidades especiais e que se proceda a adaptação das academias já existentes.

A vereadora explicou que existe um olhar diferente por parte do poder público quanto à questão de saúde pública. Joelma destacou que saúde pública não se resume apenas a atendimentos em hospitais, disponibilização de leitos ou medicamentos.

Segundo ainda Joelma, é necessário promover a prevenção, uma vez que a prática de atividades físicas tem papel importantíssimo nesse processo. O equipamento de espaços públicos com aparelhos de ginástica e musculação está cada vez mais presente no município.

A parlamentar destaca que hoje Parauapebas conta com inúmeros espaços desse tipo, no entanto, não há ainda nenhum deles especificamente destinado aos portadores de necessidades especiais, que, devido a limitações das mais variadas formas, não conseguem usufruir das academias já existentes.

“Estive com alguns representantes dos deficientes físicos do município e esta é uma das demandas apresentadas. A adequação das academias ao ar livre é uma possibilidade de corrigir o sentimento de exclusão dos portadores de necessidades especiais que aqui residem, que não conseguem acessar os equipamentos já disponibilizados na cidade para a prática regular de exercícios físicos”, ressaltou Joelma Leite.

Atentos à necessidade de academia que contemple as limitações físicas, bem como a adaptação, na medida do possível, dos espaços que já estão em funcionamento, o parlamento aprovou a proposição, que segue para análise de implementação pelo Executivo municipal.

Texto: Josiane Quintino/ Revisão: Waldyr Silva / Foto: Anderson Souza

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui