No início da noite de terça-feira (15) o Grupo Tático Operacional (GTO), apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, para o delegado plantonista Fabrício Andrade, os nacionais João Pedro Melo Costa, de 21 anos de idade e Filipe dos Santos, de 22, acusados de “balear” Raimundo de Sousa do Carmo, de 55, em um assalto ocorrido por volta das 15h30, na rua Santa Maria, bairro da Paz.
De acordo com o tenente  PM Freitas a vítima chegava em sua residência quando foi abordada pela dupla armada em uma moto, momento em que renderam Raimundo Sousa e tomaram sua moto Honda Broz, antes de deixar do local o garupa atirou na vítima atingindo a mesma nas costas.
Socorrido por populares Raimundo do Carmo, deu entrada no Hospital Municipal de Parauapebas com o projétil alojado próximo a coluna.
Com base nas informações e características repassadas por testemunhas ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Polícia Militar, que passou uma circular para todas as viaturas de serviço, a guarnição do GTO conseguiu localizar e prender com apoio da viatura do tenente Freitas quando os acusados se encontravam no alto do morro da rua Rogério Cardoso, bairro Liberdade I.
Além da dupla, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 usado para balear  a vítima, e cinco munições duas deflagradas e três intactas, como também a moto Honda Broz tomada no assalto.
A reportagem tentou conversar com os acusados, porém os mesmos não quizeram  papo com a imprensa. Quanto a vítima, que é pai de um agente de trânsito do Detran continua internado.
No entanto os médicos não ariscaram em retirar a bala alojada nas costas de Raimundo.
Caetano Silva da redação do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here