Um homem, de 51 anos, foi brutalmente assassinado na Vila Espírito Santo, zona rural de Marabá, na noite desta quarta-feira (30). A vítima teve a cabeça arrancada do corpo. 

A vítima foi identificada como Francisco Silva dos Santos, o Chico.

Ele estava ingerindo bebida alcoólica na companhia de dois homens e uma mulher na chácara em que trabalhava como caseiro, quando foi surpreendido pelo acusado. O suspeito desferiu uma facada nas costas da vítima.

Assustadas, as pessoas que estavam bebendo com o caseiro correram, tentando se protegerem. Neste momento, o acusado, utilizando de um facão decepou a cabeça da vítima.

Após isso, ele colocou a cabeça de Chico em uma mochila e a levou consigo caminhando na vicinal sentido Núcleo São Félix. Ao presenciar a aproximação de policiais militares que já estavam a sua procura, o autor do crime abandonou a mochila com a cabeça da vítima e fugiu pela mata.

Logo, policiais militares encontraram a cabeça, em uma via que liga a vila do  Espírito Santo a Marabá. Ao lado, uma garrafa de cachaça e o chapéu que o acusado usava.

“Evidências preliminares foram colhidas pela Polícia Civil. Peritos estiveram no local realizando a coleta de evidências e já há uma linha de investigação bastante robusta apontando autoria e motivação deste crime”, informou o delegado Vinícius Cardoso, diretor da 21ª Seccional de Polícia Civil.

Segundo informações levantadas no local do crime, o acusado teria esfaqueado a vítima por ciúme da mulher que bebia juntamente com Chico. O agressor também teria atentado contra a vida da mulher, mas esta conseguiu fugir.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil. O acusado continua foragido.