Com 1400 casos monitorados por suspeitas de covid-19, Canaã dos Carajás  já tem confirmado 412 casos e 6 mortes ocasionadas pelo novo coronavírus, mas o prefeito Jeová  Andrade enviou um oficio ao governador , Helder Barbalho, solicitando o fim do lockdown no município.

No oficio, Jeová pede o fim do bloqueio total das atividades e alega que adotou todas as medidas contra a pandemia e que apesar dos números assustarem a todos, que o índice de pessoas contaminadas, não está tão alto, conforme aparece nas estatísticas.

“Diante dos fatos relacionados, e considerando que o a Gestão está empenhada em amenizar essa Pandemia; que os Comerciantes instalaram Kits de higiene pessoal nas entradas de cada estabelecimento; que a população está seguindo a rigor as orientações de uso de Máscara de Proteção e evitando aglomeração, solicito a Vossa Excelência, a não prorrogação ou, se possível à antecipação do fim do Lockdown em Canaã dos Carajás, para o dia 21 (vinte e um) de maio de 2020”, finaliza o oficio.

Canaã dos Carajás não possui leito de UTI, fator que pode receber a negativa do governo estadual, pois depende exclusivamente da rede de saúde regional, que possui leitos em Marabá, Tucuruí, Redenção, Paragominas, Santarem e Belem.

Leia o oficio na integra;