Neste mês de junho, a Celpa vem intensificando ações nos municípios que costumam ser balneários por conta do período de verão amazônico e férias escolares. Um exemplo é o serviço de revitalização da rede de distribuição de energia elétrica que fica situada na orla da praia de Marudá, no município de Marapanim, no Nordeste do Pará.  O trabalho da empresa deve beneficiar, com energia de maior qualidade, mais de 80 famílias que residem na região e os veranistas que costumam procurar o balneário nesta época do ano.

Os serviços da concessionária em Marudá ficaram concentrados na substituição da rede antiga por uma estrutura nova, com cabos multiplexados que devem percorrer mais de 350 metros da orla. A obra ainda inclui a substituição de oito postes de concreto por postes de fibra, que são mais difíceis de deteriorar. Essa investida deve trazer uma significativa redução nas ocorrências de falta de energia na localidade.

De acordo com o executivo da área de Serviços de Rede da Celpa, César Soeiro, a tecnologia implantada é adequada para regiões de praia de água salgada. “A antiga rede estava muito deteriorada pela salinidade, mas a rede multiplexada reduz os números de fios expostos. Por exemplo, antes víamos quatro cabos entre um poste e outro, agora é apenas um, bem mais resistente. Isso facilita até que pipas não fiquem enroscadas na fiação”, avalia Soeiro.

O representante da distribuidora também explica que a substituição dos postes era altamente necessária. “As estruturas de concreto eram muito danificadas pelo sal, costumavam estourar e as vezes até mesmo tombar. Já os postes de fibra são específicos para regiões que sofrem com a ação do salito”, afirma.

Salinas e Ajuruteua – O município de Salinas e a Praia de Ajuruteua, em Bragança, também estão na rota de revitalização. Em Ajuruteua, 80% dos clientes que residem nas áreas próximas à praia já tiveram os seus ramais de ligação (os cabos que saem dos postes até às residências) substituídos por materiais que não ficam deteriorados por conta da salinidade. Foram cerca de 2,5 quilômetros de rede revitalizados. A concessionária ainda fez os deslocamentos dos postes que ficavam situados na praia, a fim de evitar o contato com a água do mar, que vem avançando na área da praia no decorrer dos anos.

Em Salinas, o trabalho da empresa foi realizado na Praia do Farol e do Atalaia. Iniciado em maio, o serviço de troca de ramais no balneário deve atingir 100% dos moradores das áreas praianas em Salinas. O material utilizado na localidade também é apropriado para as áreas que costumam ficar expostas ao sal do mar. Para incrementar, a obra no município contou com a implementação de seis transformadores novos e mais de dois quilômetros de rede de distribuição multiplexada.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here