A Polícia Civil de Parauapebas juntamente com a equipe do NAI/Marabá e SEIC/Maranhão realizaram a prisão do nacional Josemir Matos de Albuquerque Vulgo “Novinho”, acusado de diversos crimes como pistolagem, latrocínio e assaltos a agencias bancarias.

O mesmo foi preso na manhã de hoje (31), pelo delegado Gabriel Henrique, Superintendente de Polícia Civil em Parauapebas e pelo investigador Bomfim, quando tentava embarcar no terminal rodoviário de Parauapebas.

Na revista realizada em Josemir Matos, a polícia encontrou um revólver 38 na cintura do mesmo. Segundo o delegado, na diligencia realizada na residência de “Novinho”, foram encontradas algumas bananas de dinamites usadas para explodir caixas eletrônicos das agencias assaltadas.

Índiasdce
         Josemir Matos de Albuquerque Vulgo “Novinho”

Ainda de acordo com o delegado Gabriel Henrique, na hora em que foi preso, “Novinho”, se preparava para viajar com destino a cidade de Floresta do Araguaia onde iria sequestrar um empresário naquela cidade. O acusado também pode está envolvido na morte do informante da polícia Amiltom também conhecido por Cawboy e cabeludo, assassinado dentro de sua camionete no bairro dos Minérios em Parauapebas.

Caetano Silva – Da redação do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários