Melhorias estruturais para o município foram solicitadas pelos vereadores durante a sessão ordinária desta terça-feira, 24 de outubro. Dentre os pedidos estavam os serviços de recuperação e asfaltamento nas ruas do Bairro Tropical, solicitados pelo vereador Ivaniti Barrão (PSDC) no Requerimento n° 82/2015. De acordo com o parlamentar, esta obra é urgente porque as ruas se encontram intrafegáveis e com muitos buracos em todas as partes.

“Por causa deste problema, os moradores já fizeram várias manifestações no bairro, pois estão indignados e clamam por urgentes melhorias. O asfaltamento destas vias tem como objetivo melhorar a trafegabilidade dos veículos e diminuir drasticamente as constantes ocorrências de acidentes na localidade”, justificou Ivaniti Barrão.

O parlamentar ainda solicitou asfaltamento nas ruas 1 e 12, no Bairro dos Minérios, por meio do Requerimento n° 83/2015. Segundo Barrão, a péssima condição do asfalto nessa localidade tem dificultado a vida dos pedestres e condutores de veículos que necessitam utilizá-las. “Em reunião com os moradores e em visita ao local, vi a necessidade e urgência de fazer essa solicitação, para assegurar a qualidade de vida àquelas pessoas”, explicou.

Por sua vez, a vereadora Joelma Leite (PT) apresentou ao plenário o Requerimento n° 84/2015, que pede a construção de um quebra mola na Avenida E, no perímetro da quadra 44, e uma faixa de pedestre, no trecho da quadra 45, Bairro Beira Rio II.

Para a parlamentar, a proposição trata-se da segurança dos pedestres e motoristas que transitam diariamente pelo local. “Os condutores de veículos trafegam em alta velocidade, colocando em risco a vida das pessoas que passam por ali. Já a ausência de uma faixa de pedestre impossibilita que as pessoas atravessem em segurança”, alerta Joelma Leite.

Marcelo Parcerinho (PMDB) sugeriu ao Poder Executivo a execução de pavimentação asfáltica das ruas do Bairro Linha Verde, ao lado da Rodovia PA 160. O pedido, feito no Requerimento n° 85/2015, destaca que o asfaltamento vai melhorar o acesso ao núcleo de ensino da Faculdade Metropolitana.

O parlamentar ressaltou ainda que durante todo o dia e noite o movimento intenso dos veículos dos alunos gera uma grande nuvem de poeira, prejudicando os moradores no entorno da faculdade, o que provoca um acentuado desconforto.

“As ruas Novo Progresso, Souris e parte da Rua Redenção já foram asfaltadas, mas não beneficiam os alunos e nem os moradores próximo da faculdade, pois o único acesso direto e asfaltado que existia foi retirado devido as obras da duplicação da PA 160, que dá acesso a Canaã dos Carajás”, finalizou Marcelo Parcerinho.

As propostas foram aprovadas pelo plenário e serão enviadas à administração municipal para análise e possível implementação.

Comentários