Representantes da Central das Cooperativas de Transporte Coletivo de Parauapebas, Banco da Amazônia (Basa) e Prefeitura Municipal participaram no final da manhã desta quinta-feira (26), no pátio do Centro Administrativo da Prefeitura, da solenidade para assinatura de contrato para financiamento na compra dos 60 ônibus urbanos, de um total de 120, para atuar no transporte público de passageiros.

Os 60 ônibus 0 km, avaliados em mais de R$ 16 milhões, fazem parte de uma primeira etapa de aquisição de veículos e serão entregues em dois lotes de 30 unidades cada, a primeira dentro de 30 dias.

A mesa de trabalho da solenidade foi composta pelo prefeito Valmir Mariano; gerente local da agência do Basa, Rodolfo Leitão; vereador Josineto Feitosa, presidente da Câmara Municipal; Jovelino Mendes do Amaral, presidente da Central das Cooperativas; e o advogado Fábio Sabino, departamento jurídico da Central das Cooperativas.

Ao usar a palavra, o prefeito Valmir Mariano lembrou que a luta para transformar o sistema de transporte público de passageiros num serviço de primeira qualidade vem desde os primeiros dias de seu mandato, quando assumiu esse compromisso.

O gestor municipal fez questão de lembrar que o primeiro passo neste sentido surgiu em dezembro do ano passado, quando foi criada e aprovada a lei que dispõe sobre a regulamentação do serviço de transporte público no município.

Segundo ainda Valmir Mariano, ele e as partes interessadas se esforçaram para que fosse mantido o sistema de cooperativismo na exploração do transporte público de passageiros, único no Estado do Pará, com a oferta de serviço de qualidade aos usuários.

O chefe do Executivo municipal aproveitou para chamar à mesa a senhora Maria Alba Carvalho da Silva, uma das primeiras pessoas a comprar, em 1999, uma Kombi e explorar o transporte alternativo de passageiros em Parauapebas.

Por sua vez, o vereador Josineto Feitosa ratificou o empenho da Câmara Municipal em votar e aprovar a lei municipal de transporte público, proporcionando serviço de qualidade aos usuários que tanto clamam por estas benfeitorias.

Josineto reconheceu o empenho do prefeito Valmir em proporcionar obras e serviços para fazer a transformação do município de Parauapebas, com apoio da Câmara Municipal.

O advogado Fábio Sabino informou que a correria dele mantida nos últimos meses com representantes da prefeitura, instituição bancária e da Central das Cooperativas de Transporte Coletivo de Parauapebas foi intensa, no intuito de fazer o processo de aquisição da frota de microônibus dentro da legalidade.

Já Jovelino Amaral revelou que o investimento para aquisição dos primeiros 60 ônibus gira na ordem de R$ 16.528.000,00. Revelou que cada ônibus tem espaço para 26 passageiros sentados, com ar refrigerado, e que 20% da frota vai oferecer sistema de acessibilidade para cadeirantes. Neste caso, os ônibus oferecem 24 assentos.

O gerente do Basa, Rodolfo Leitão, ratificou o investimento de R$ 16,5 milhões do Basa para a aquisição dos primeiros 60 ônibus, com carência de seis meses e prazo de 48 parcelas para pagamento.

Segundo foi informado, a montadora dos veículos pediu o prazo de 90 dias para entregar à Central o total de 60 microônibus, prazo em que a frota vai entrar em funcionamento na cidade, em substituição das 170 vans que hoje fazem o transporte de passageiros.

Após a assinatura do contrato para liberação dos recursos, o prefeito, demais autoridades e convidados conheceram o interior de um ônibus modelo, com o acesso em seu interior de um cadeirante.

Comentários