Na madrugada deste sábado a Polícia Militar de Parauapebas apresentou na 20° Seccional de Polícia Civil um quarteto de nomes Jadiel Silva, Lucas Cunha, José Inácio e Nefanatielly Martins após revista e estarem de porte de vários celulares que continham fotos de papel de parede de outras pessoas.

Após a abordagem, a Polícia se dirigiu para revista nas residencias do quarteto, onde foram encontrados mais 6 aparelhos de celulares roubados, um simulacro de bereta, uma motocicleta YBR de placa adulterada e seis gramas de crack. Ainda durante a abordagem policial nas casas dos indivíduos a policia descobriu a participação do casal Nefanatielly Martins e José Inácio na morte do jovem Weverton Silva, executado na quinta-feira (27) quando retornava do festival junino de Parauapebas.

Após a detenção do grupo, e com base no depoimento dos mesmos, a equipe de homicídios de Parauapebas entrou em cena e prendeu o motorista de táxi de prenome Elias, apontado pelo quarteto como sendo o homem que deu apoio e fuga aos executores do homicídio.

Jadiel Silva e Lucas Cunha foram ouvidos e liberados ainda na DEPOL, Nefanatielly Martins e o taxista Elias foram liberados na audiência de custodia e já o nacional José Inácio seguiu para a carceragem do bairro Rio Verde, o mesmo estava em liberdade há um mês.

A investigação ainda segue em curso, tendo em vista que ainda há dois homens que participaram do homicídio e estão foragidos. (Com informações de Caetano Silva da redação)

Comentários