Portal Notícias de Parauapebas

Parauapebas 33 anos: prefeitura lança programa de fomento à produção agrícola

Fomentar a produção rural de Parauapebas é um dos objetivos estratégicos da gestão municipal. Na sexta-feira, 14, mais um programa da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) foi lançado, o Ciclo Curto, que dá suporte para a produção de hortaliças, frutas e grãos, incentivando o uso eficiente da terra ao longo do ano.

O lançamento foi realizado com a presença de produtores na região do Cedere, na propriedade do Soli Borges, produtor rural há mais de 20 anos e que tem experiência com o cultivo de diversas produções e com o trato da terra, mas não abre mão da ajuda recebida pela Sempror. O vereador Leandro do Chiquito prestigiou o evento e reforçou a importância do fomento que o governo municipal tem dado à produção rural. 

“Os técnicos me ajudam na regulação do solo, a como aplicar inseticidas, e muito mais. Sem eles eu não conseguiria alcançar o volume e a qualidade da minha produção”, destacou Soli. Além do apoio técnico, os produtores também contam com o serviço de mecanização agrícola no preparo da terra, disponibilizado pela Sempror.

“Nessa semana que a gente comemora 33 anos de emancipação do nosso município, estamos mostrando que, além do minério, nós temos a riqueza da terra”, reforçou Suely Guilherme, secretária adjunta de produção rural, que representou o titular da pasta, Milton Zimmer, durante o lançamento.     

Sobre o programa

O programa Ciclo Curto conta com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos agrícolas, zootecnistas e engenheiros agrônomo que orientam os produtores sobre as melhores técnicas para produções que têm um tempo de duração curto entre o plantio e a colheita.

“O nosso programa trabalha em duas etapas, a primeira é essa, onde nós atendemos também a parte de hortaliças e o cultivo de melancia. A segunda etapa, ocorre no período das águas, quando a gente começa a orientação para o plantio de milho, mandioca, arroz e feijão”, explicou Meireane Camargo, engenheira agrônoma.

Os produtores interessados em participar do programa podem solicitar a adesão na sede da Sempror ou pelos números 3346-8220/8221.

Texto: Karine Gomes

Fotos: Elienai Araújo

Comentários