Portal Notícias de Parauapebas
Publicidade SEMSA

Dia de cooperar: Voluntariado cooperativista beneficia mais de 10 mil no Estado

Durante o Dia de Cooperar (ou como também é conhecido Dia C) realizado neste fim de semana em Parauapebas, Marabá, Santarém e Paragominas, mais de 10 mil pessoas receberam serviços gratuitos de cidadania, saúde, beleza, arte, esporte e lazer. O evento é uma celebração nacional comemorativa ao Dia Internacional do Cooperativismo – 1º sábado de julho, e ocorreu simultaneamente em todos os estados brasileiros como forma de valorizar e incentivar a cultura do voluntariado cooperativista.  No Pará, a Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará (OCB-PA) elege anualmente uma cidade para ser a capital do voluntariado cooperativista. Este ano, o Dia C foi em Parauapebas no campus do Instituto Federal do Pará (IFPA). Cerca de 200 voluntários participaram da ação.

O Dia de Cooperar é uma campanha nacional de incentivo às cooperativas para implantarem projetos de voluntariado nas comunidades onde estão inseridas. É uma forma aplicação do 7º princípio do Cooperativismo, que trata sobre a interação com a comunidade. A celebração ocorre nacionalmente desde 2014. No Pará há dois anos, a capital do cooperativismo foi Santarém, com 1.500 pessoas beneficiadas diretamente e 12 mil no total durante o ano todo. Em 2015, esse total de beneficiados subiu para 20 mil pessoas, 3 mil só em Paragominas, sede do dia C no ano passado. A grande novidade este ano é que as cooperativas passaram a contribuir para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), nova agenda da ONU para acabar com toda forma de tirania, desigualdade e destruição ambiental.

“Decidi visitar o Pará pela curiosidade de saber como é organizar uma ação em uma localidade tão distante e que, como em vários lugares do país, sofre com a precariedade dos serviços públicos. Fiquei impressionada com o que vi. O grande número de pessoas atendidas, de voluntários e, sobretudo, da diversidade das ações. Houve atendimentos médicos, emissão de documentos, serviços de beleza, arte, esporte, cultura e lazer. Foi lindo”, enfatizou a OCB nacional, Belmira Neves.

 

Só de crianças, mais de 1.000 passaram pelos espaços de escovódromo, pula-pula, algodão doce, piscina de bolinha, pintura, oficina de artesanato, contação de história, jogos ecológicos, tobogã inflável e cama elástica. O pequeno Carlos Rodrigues, de 10 anos, ainda foi além, subindo uma parede de escalada de rapel e colocando muito adulto no bolso. “Eu treino muito com os meus colegas aqui em Parauapebas. Um deles tem uma árvore no quintal e a gente sobe todo dia. É preciso ter muita coragem e força”.

 

Fôlego e ritmo também não faltaram para as dançarinas do projeto Zin Hot Marcos Play. Começaram apenas nove dançando com o professor Marcos e logo a multidão se juntou com os ritmos latinos, funk, pop, e flash back. A dança faz parte do projeto “Saúde e Movimento” do Sicredi Carajás e atende mais de mil pessoas no município, incentivando a vida saudável. O gingado foi tão contagiante que nem mesmo dona Maria Helena, de 61 anos, resistiu. “Não pude dançar muito, mas dei umas puladinhas rápidas, sem ninguém ver. Só pra alegrar um pouco”.

 

O aposentado Luiz Bahia, 69 anos, foi procurar atendimento médico. “Eu estou com um problema na coluna e ouvi falar do Dia C. Não perdi a oportunidade e vim me consultar. Até por que é difícil encontrar atendimento em hospital público. Fui muito bem tratado”. A Unimed Sul do Pará e a Unimed Belém disponibilizaram profissionais de Ginecologia, Ortopedia, Clínico Geral, Clínico Geral em Hanseníase, Oftalmologia, Pediatria, Neurologia, Pneumologia, Cardiologia, Urologia, Fisioterapia e Nutricionista e serviços de enfermagem.

 

Espaço

A parceria com o IFPA Parauapebas foi fundamental para a realização do Dia de Cooperar 2016. Foi cedida toda a estrutura do campus, com uma área de 2,8 mil metros quadrados composta por biblioteca, auditório, lanchonete, refeitório, banheiros, 10 salas de aulas, área de vivência, estacionamento e bicicletário. O Instituto ainda disponibilizou professores e alunos para participarem como voluntários. “Não poderíamos ficar de fora. Abraçamos essa iniciativa da OCB-PA e das cooperativas da região. Tínhamos que colaborar com esse dia tão excepcional para Parauapebas”, afirma o diretor geral do IFPA Parauapebas, Rubens Chaves.

A comodidade do local foi um dos aspectos que fez o vice-presidente da Unimed Belém, Antônio Travessa, considerar a ação em Parauapebas a melhor edição do Dia C no Estado. “Já participei das três edições e esta, sem dúvida, foi a que mais destacou. Tivemos um espaço mais confortável para atender a população da melhor maneira possível, orientando, sobretudo, a respeito das doenças cardiopatas que são a principal causa de morte no mundo”.

Para o presidente do Sistema OCB-PA, Ernandes Raiol, o grande marco da campanha é o legado que a ação deixa onde é realizada. “Santarém e Paragominas, os municípios que sediaram as duas últimas edições, foram tão impactados que, neste, ano desenvolveram projetos simultâneos ao trabalho que realizamos. Isto é a prova de que o voluntariado é uma semente plantada que, realmente, dá muitos frutos. Nosso desejo é que os parauapebenses continuem neste mesmo espírito de cooperação, pois o cooperativismo é a solução imediata para todas as crises que assolam nossa sociedade”.

Também participaram a Uniodonto Belém com aplicação de flúor e distribuição de kits de higiene bucal; Uninutri com orientações nutricionais e as cooperativas locais Cooperture, a Central de Cooperativas de Transporte de Parauapebas, Sicredi Carajás, Mulheres de Barro, Cooper e Coex, Instituto Embeleze, Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), Marcovel, Prefeitura Municipal de Parauapebas, Projeto Saúde e Movimento e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC).

Morada Nova

Neste domingo (03), em Marabá no bairro de Morada Nova, a Cooperativa de Transporte de Morada Nova (Coopernova) realizou uma ação cidadão com atendimentos de enfermagem, médicos, beleza, aplicação de flúor, dentistas, distribuição de kits de higiene bucal, apresentações artísticas e culturais.  No total, 55 voluntários assistiram a cerca de 400 pessoas. A iniciativa contou com a parceira das cooperativas Sicrede Carajás, Unimeds Belém e Sul do Pará e Coomiscamar.

As bailarinas do Projeto Alê Dance, que assiste a 280 crianças com atividades culturais e esportiva, se apresentaram e mostraram que quando a comunidade se uni, todos crescem. “É o único projeto voltada para crianças e adolescentes aqui em Morada Nova. Para nós, iniciativas como essa que trazem serviços para a nossa comunidade é fundamental. É a segunda vez que participamos do Dia de Cooperar aqui no bairro e vamos participar sempre que for possível”, contou a coordenadora do Alê Dance, Márcia Costa.

O Projeto existe há 9 anos. Atende meninos e meninas de 4 a 17 anos de idade, regularmente matriculados na escola e com nota de corte a partir de 8, nas modalidades dança folclórica, balé clássico, futebol e karatê. A Unimed Sul do Pará disponibilizou materiais esportivos para o futebol, mas o projeto ainda precisa de apoio para manter as demais modalidades.

Em outra vertente, a do bolso, o Sicredi Carajás apresentou uma palestra sobre educação financeira na prática. “Nós temos como missão disseminar o conhecimento em educação financeira para que as pessoas possam aprender a utilizar de maneira mais eficiente os próprios recursos e assim estarem prontas para algum imprevisto, realizar um sonho e – claro – ter maior qualidade de vida”, explicou Giorge da Luz, assessor de comunicação e de programas sociais do Sicredi Carajás. É a terceira vez que o Sicredi se une à Coopernova no Dia C em Marabá.

Ao final da ação, ocorreu o sorteio de uma bicicleta doada pela cooperativa Coomiscamar.

Família no Parque

                

Em Paragominas, capital do voluntariado cooperativista em 2015, o Sicredi Nordeste realizou uma extensa programação para celebrar o Dia C e proporcionar lazer, esporte e cultura para 5 mil pessoas nesse final de semana. No sábado (02), ocorreu a 2ª Corrida da Cooperação, cuja renda das inscrições será doada para o Projeto Juquinha, que atende a crianças e adolescentes com problemas neurológicos e motores. No total, 185 pessoas participaram da corrida. No domingo (03), foi o dia da “Família no Parque”. A programação iniciou com um passeio ciclístico em família pelo Parque Ambiental de Paragominas e depois com uma missa para celebrar a paz e o amor entre as famílias.

Oeste do Pará

Em Santarém – primeira capital do voluntariado cooperativista do Estado – em 2014, o Dia de Cooperar foi no Asilo São Vicente de Paula no sábado (02). No total, 28 idosos participaram da festa promovida por 30 voluntários das cooperativas locais e Escritório Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo em Santarém. Houve muita música, dança, brincadeiras e distribuição de brindes. É a 3ª edição do Dia de Cooperar em Santarém.

Comentários

Comentar