O jovem Rafael Leal dos Santos, 19 anos de idade, natural de Parauapebas, PA, morreu a caminho do Hospital Municipal,  baleado com três tiros efetuados por dois indivíduos em uma moto de modelo e placa não anotada.

O caso aconteceu por volta das 18h40min, deste domingo (15), próximo a quadra de esporte das Casas Populares I, nas imediações do Lago do prédios do Residencial Alto Bonito, em um suposto assalto.

Informações que estão sendo apuradas pela equipe do Departamento de Homicídios, da 20° Seccional Urbana de Polícia Civil, no momento do ocorrido a vitima e sua companheira haviam acabado de sair de casa para ir até um comercio, quando teriam sido surpreendidos pela dupla que ao chegar perto de Rafael Santos teria perguntado ao mesmo o que ele teria pra eles ” O que tu tem pra nós?” e com a resposta da vítima de que não tinha nada o desconhecido teria perguntado ainda, ” Tu corre pra quem?” Isso, se referendo a facções.

Instante em que também o mesmo teria respondido que não era faccionado. “Cadê os celulares?”, teria perguntado um deles ao casal e ao dizer que não tinha celular, Rafael Leal teria pego o aparelho de sua companheira e entregue aos desconhecidos.

Porém, ainda de acordo com os primeiros levantamentos, antes de deixar o local um dos indivíduos que já estava de arma em punho efetuou três disparos em Rafael que ainda chegou a correr e pedir socorro em uma lanchonete.

 

Socorrido pelo dono e clientes do estabelecimento o jovem foi em caminhado as pressas para o hospital, porém sem sucesso, a vitima faleceu antes de dar entrada naquela casa de saúde.

A Polícia trabalha com duas hipóteses a primeira latrocínio (roubo seguido de morte) e a segunda acerto de conta por dívida com o tráfico. Outra linha também não descartada pelo polícia é briga entre facções. (Caetano Silva da redação)

Comentários