Um caso a ser investigado. Familiares e amigos do jovem Rômulo Anchieta estão estarrecidos com a precoce morte do rapaz noticiada na manhã desta segunda-feira (22) em Parauapebas.
As informações são escassas e confusas, ficando a cargo da polícia investigar e esclarecer os fatos. A reportagem tomou conhecimento, por um grupo de amigos do rapaz, que ele estaria filmando a captura de um ladrão às proximidades do Atrium Hotel, bairro da Paz. Populares estavam aplicando uma “surra” no larápio.
Uma pessoa desconhecida não gostou da filmagem e teria aplicado um golpe de faca na região do abdômen de Rômulo. Ele foi socorrido e encaminhado às pressas ao Hospital Geral De Parauapebas (HGP), entretanto, não resistiu ao ferimento após perder muito sangue.
O autor do crime permanece desconhecido, mas a polícia já sabe que ele possuía uma moto Bros de cor preta – abandonada às proximidades do crime – e que pessoas em um Celta vermelho deram fuga ao assassino. A vítima deixa um filho de menos de dois anos.
Um vídeo minutos antes do crime, que Rômulo aparece filmando, está sendo analisado pela polícia.
Fonte Papo Carajás

Comentários