Oito pessoas foram presas, na manhã desta quinta-feira (29), durante a operação denominada Tártaro, da Polícia Civil, que desarticula uma associação criminosa formada por servidores públicos do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran).

Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, em Belém e Região Metropolitana.

Servidores, despachantes e outras pessoas são investigadas pela venda de lacres de placas automotivas para posterior revenda de veículos.

Sob coordenação do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil (NIP), a operação contou com 22 equipes formadas por cerca de 80 policiais civis das Diretorias de Combate à Corrupção (DECOR), de Polícia Metropolitana (DPM), de Polícia Especializada (DPE) e do GPE (Grupo de Pronto-Emprego), grupamento tático da Polícia Civil.

Os resultados da operação foram levados para o prédio da Delegacia-Geral, em Belém.

Comentários