O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Bairro dos Minérios desenvolve diversas atividades como acolhimento de novos usuários, oficina com famílias, grupo de gestantes, serviço de convivência e fortalecimento de vínculos dos idosos. Em cada grupo, os profissionais se empenham e conquistam todos os usuários por meio da confiança e convivência do dia a dia.

Nas manhãs das terças-feiras, o grupo de gestantes faz reflexão sobre a realidade, constrói novos projetos de vida e é orientado sobre a transformação de suas relações familiares ou comunitárias. Além disso, é trabalhado com o grupo o vínculo mãe-bebê, entre outras atividades.

Na oficina voltada para a família, que acontece nas quartas-feiras pela manhã, são discutidos temas de interesses familiares, geralmente, sobre vulnerabilidades, riscos, prevenções, o que contribui para o fortalecimento dos laços comunitários, o acesso aos direitos, o protagonismo, a participação social e a prevenção a riscos.

Para a dona de casa, Maria de Nazaré, participar do grupo é algo muito prazeroso. “Fico me sentindo mais confiante para enfrentar os conflitos que surgem no meu dia a dia”, disse a usuária do serviço.

Às quintas-feiras os usuários que se reúnem na unidade são os idosos que, com muita alegria, participam de brincadeiras e se divertem com ensinamentos e orientações sobre o processo de envelhecimento ativo, saudável e autônomo. No encontro, são identificadas necessidades e motivações, trabalhando as potencialidades e capacidades para novos projetos de vida.

“No grupo dos idosos tenho me sentido bem mais ativo. Para mim é uma terapia participar das reuniões”, declara o aposentado e usuário do Cras dos Minérios, João da Cruz.

Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) são vinculados à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Além do Cras do Bairro dos Minérios, os usuários também podem procurar as unidades dos bairros Rio Verde, Altamira e Da Paz.

Comentários