As cidades paraenses que costumam ter um grande fluxo de pessoas neste período de Carnaval terão um esquema de operações especiais da Celpa. A iniciativa garantirá que situações emergenciais, envolvendo a rede elétrica, sejam solucionadas no menor tempo possível, sem provocar prejuízos aos foliões dos balneários e municípios do interior do estado.

Para este trabalho a concessionária adotará medidas de reforço, que disponibilizarão equipes extras em pontos ondem ocorrem as festividades carnavalescas. Em Mosqueiro, por exemplo, a empresa terá profissionais atuando na subestação do distrito do dia 05 ao dia 10 de fevereiro. A mesma dinâmica de será usada em Cametá, com equipes de sobreaviso a partir do dia 06.

Outros municípios onde o Carnaval atrai um grande número de foliões, como Salinas, Bragança, Marapanim, Curuçá e Vigia, localizadas na mesorregião Nordeste do estado, também serão incluídas na operação. Nestas localidades, a Celpa terá equipes de manutenção atuando de maneira preventiva e de sobreaviso nas subestações e alimentadores a partir do dia 06. O serviço ainda deve se estender para áreas próximas, como São Caetano de Odivelas, Santo Antônio do Tauá e Colares.

O gerente da área de Operações da Celpa, Dagoberto Santos, explica que esse tipo de ação é fruto de um trabalho de planejamento. “Nós esperamos garantir a tranquilidade do folião no que diz respeito ao fornecimento de energia. Para isso nós nos preparamos antecipadamente, com várias medidas de manutenção no sistema e preparando os profissionais para atuar de imediato em qualquer eventualidade”, diz o gerente.

No Oeste e Centro-Oeste do Estado o plano de Carnaval será implantado em Santarém, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Alenquer, Itaituba, Altamira e Mojuí dos Campos. Essas cidades terão equipes extras atuando em plantão desde o dia 06 de fevereiro. O mesmo esquema de atendimento será estendido ao balneário de Alter do Chão, com profissionais preparados para lidar com qualquer eventualidade no sistema elétrico.

Em municípios do Sudeste do Pará, como Tucuruí, por exemplo, a Celpa trabalhará com nos locais onde ocorrerão os desfiles das agremiações, além de profissionais extras para atuarem em esquema de sobreaviso e plantão pelas ruas da cidade. O mesmo valerá para Marabá e Parauapebas, em locais de desfiles e de grande concentração de foliões.

Comentários