O aplicativo WhatsApp pode ser suspenso novamente no Brasil por determinação judicial. A informação foi divulgada no portal MSN, nesta quarta-feira (02).

De acordo com a publicação, o delegado Fabiano Fonseca Barbeiro defendeu que, enquanto a empresa não se adequar à legislação do país, o serviço deve continuar sofrendo sanções, tais como a que sofreu no ano passado, quando o aplicativo parou de funcionar.

O delegado diz que a empresa deve atuar sob regras claras. Ele garante que precisa de solução e que irá pedir ao judiciário nova suspensão.

No dia 17 de dezembro do ano passado, a Justiça determinou o bloqueio do WhatsApp no Brasil por 48 horas, por causa de um processo criminal que corria em segredo.

Comentários