Portal Notícias de Parauapebas

Biblioteca Legislativa e Banda Legis participam do projeto Semsi+Ação

A Câmara Municipal de Parauapebas participou, com a Biblioteca Legislativa Sônia Cortez e o grupo musical Banda Legis, do projeto Semsi+Ação, da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), realizado em Palmares Sul e no Bairro dos Minérios nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro.

Durante a ação, foram oferecidos diversos serviços pelos departamentos da Semsi e órgãos parceiros, como emissão de documentos (CPF, título de eleitor, carteira de trabalho, certificado militar e RG), consultas e exames médicos, vacinação e testes de covid-19.

A Biblioteca Legislativa levou parte do acervo para apresentar à comunidade as obras que possui e que estão disponíveis para a população fazer empréstimos, além de dispor de ambiente para leitura e estudos. O espaço fez sucesso, principalmente entre as crianças.

Já a Banda Legis, que é formada por servidores efetivos da Câmara, fez apresentações com um repertório variado, cantando desde clássicos do rock internacional e nacional, MPB e pop nacional até o brega paraense e animou os presentes.

Na ocasião, o presidente da Câmara, vereador Ivanaldo Braz (PDT), ressaltou a importância de facilitar o acesso da população aos serviços públicos. Exames médicos básicos e emissão de documentos são serviços simples, mas que muitas pessoas acabam não tendo acesso devido às dificuldades, como a distância, falta de tempo e até de dinheiro para o transporte.

“Essa parceria com o governo municipal é muito saudável, porque estão sendo oferecidos muitos serviços à população. Estamos aqui cumprindo o que nos comprometemos durante nossa caminhada política e vamos continuar com este trabalho”, enfatizou o parlamentar.

Braz destacou ainda que a participação da Biblioteca Legislativa e da Banda Legis contribui com a garantia do acesso da população à educação, cultura e lazer. “Muitos não sabem que a Câmara tem uma biblioteca e uma banda de música. Estar presente em ações como essas leva essa informação ao conhecimento das pessoas, além de aproximar o Legislativo da comunidade”.

O vice-prefeito João do Verdurão, que não sabia que a CMP tem uma biblioteca, elogiou a iniciativa. “Conheci durante a ação e me deixa muito feliz saber desse trabalho da Câmara, pois ela representa o povo e o povo precisa ter acesso ao conhecimento. A criança precisa pegar no livro como estamos vendo aqui. Trazer parte da biblioteca até a população é de fundamental importância, é um diferencial, é a cidadania chegando até nossas crianças e jovens”.

O vereador Israel Miquinha (PT) também acompanhou os trabalhos do projeto Semsi+Ação em Palmares Sul. Como morador do local e representante da comunidade, o parlamentar destacou a necessidade de facilitar o acesso da população às políticas e serviços públicos, tendo em vista que o bairro fica a cerca de 10 quilômetros da região central da cidade, onde estão localizados os órgãos que oferecem, por exemplo, os serviços de emissão de documentos e exames médicos.

Texto: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva / Fotos: Felipe Borges / AscomLeg2021