Uma cidade emergente, em pleno crescimento e com uma população flutuante: esse é o atual cenário de Parauapebas. Lidar com a segurança de 213.576 habitantes (IBGE 2020) – às vezes mais – é um verdadeiro desafio diante das rápidas transformações vivenciadas no município. E para Denis Assunção, titular da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa Civil (Semsi), é prioridade continuar avançando na busca de uma segurança pública de qualidade para a população.

A Semsi é uma das maiores e importantes secretarias do município, por compreender a Guarda Municipal de Parauapebas, o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), o Centro de Controle e Operações (CCO ), a Defesa Civil e outros. É um trabalho gerencial enorme.

E o que o comando desta pasta precisa? De um servidor público capaz de fazer uma administração democrática e de ouvir ideias para implementar aquelas que forem mais importantes e adequadas. Denis cumpre exatamente esse perfil. Com 36 anos e residindo em Parauapebas há 11 anos, o professor licenciado em história acumulou experiência na gestão escolar e como diretor do SAC ao passar do tempo. Pelo seu desempenho, em 2020 foi convidado para ser secretário da Semsi.

Essas qualidades e os resultados do pouco tempo que ficou na pasta em 2020, passaram a garantia que o prefeito Darci Lermen precisava para mantê-lo como titular em seu novo mandato.

Denis reconhece algumas das necessidades mais urgentes do município como a situação da mobilidade urbana e a segurança dos habitantes.

“Temos muito que avançar no que diz respeito ao trânsito e na parte da integração com os órgãos estaduais, como a PM, Polícia Civil e o Detran. Parauapebas é uma cidade que vive em constante crescimento, estamos tentando desenvolver projetos para equiparar este aclive e assim tornar nossa cidade um exemplo para outras cidades no que diz respeito à Segurança”, concluiu.

Comentários