Neste mês repercutiu em Parauapebas a polemica entre a Prefeitura Municipal de Parauapebas juntamente com a Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE), onde a PMP emitiu uma nota de esclarecimento sobre a não renovação do Convênio com a entidade.

Mas, nesta semana moradores das proximidades da Associação entraram em contato com a equipe do Portal Noticias de Parauapebas e denunciaram da situação em que se encontra a instituição, em um tremendo abandono.

Muito se falou durante esses dias sobre o fim do atendimento da APAE por falta de verbas e convênios com empresas privadas e acom o governo municipal . Hoje a preocupação é outra, Parauapebas, assim como diversas cidades do Brasil estão sofrendo com os surtos de DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZICA, e segundo os moradores próximos à instituição, o espaço antes utilizado para atendimento de crianças especiais hoje está servindo para a criação do mosquito transmissor das doenças que está assustando todo mundo.


Caixa d’água sem a tampa, piscina com água esverdeada estão deixando os vizinhos preocupados e pedem aos órgãos competentes para fazer uma visita a Associação que está situada na Rua L, 187 no bairro união .


Fotos enviadas por moradores vizinhos da instituição:

Pablo Oliveira – Da redação

Comentários