Estudantes da rede municipal de ensino acabam de ser destaque, mais uma vez, em disputas nacionais. Agora, eles brilharam por participação na 11° edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), tendo conquistado nove medalhas nas edições de 2014 e 2015.

 

Ano passado, durante a 10ª edição da Olimpíada, cerca de 14 mil alunos da rede municipal de ensino realizaram a prova. Desses, três alunos do 3º e 4º ciclos foram premiados com medalhas de bronze: Lucas Lima da Silva, da Escola Cecília Meireles; Carla Ellen Lima Lemos, da Escola Eduardo Angelim; e Ana Clara Vieira Silva, da Escola Chico Mendes.

 

Os professores Carmem Simone de Paulo, da Eduardo Angelim, e Raimundo Nonato de Souza Rodrigues, da João Prudêncio de Brito, também foram premiados, bem como os diretores das escolas de que esses alunos e professores fazem parte.

DOBROU O NÚMERO DE MEDALHAS

Na 11ª Obmep o número de alunos participantes da competição chegou a 15 mil. Destes, 40 receberam menções honrosas e seis foram medalhistas. O estudante Lucas Fernandes Araújo Silva, da Escola Chico Mendes, garantiu medalha de prata.

As de bronze, no total de cinco, ficaram nas mãos de Fagno Sousa Oliveira Segundo, da Escola Paulo Freire; Ramon Apolinário Mendonça, da Novo Horizonte; Carla Ellen Silva Lemos, da Eduardo Angelim; e com as alunas Jéssica Ribeiro Afonso e Karina Seibert Teixeira, ambas da Chico Mendes.

Além dos alunos, os professores Katiuscia Coelho da Silva (Chico Mendes) e Maurício Reis Pereira de Sousa e Uerlei Moreira da Silva (18 de Outubro) e suas respectivas escolas também serão homenageados nesta edição.

Para Pedro Emiliano Botelho Neto, coordenador de Matemática dos 3º e 4º ciclos, o município tem crescido na conquista de premiações da Obmep em razão do empenho dos professores e dos investimentos feitos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em formação de professores e na divulgação do evento entre os alunos, estimulando-os a participar e, para tanto, estudar.

“Dobramos o número de medalhas entre 2014 e 2015. É uma conquista que implica no ótimo trabalho realizado pelos educadores, pelo setor de 3º e 4º ciclos e investimentos sólidos realizados na educação municipal, o que reflete em aprendizado”, destaca o educador.

 

PREMIAÇÃO

 

Os alunos medalhistas em 2014 foram premiados em cerimônia realizada na noite do último sábado (12), no auditório da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), pela Coordenação Regional da Obmep do Pará. Já os medalhistas da 11ª edição devem ser homenageados no segundo semestre do ano que vem.

A Obmep foi iniciada em 2005, é promovida pelos ministérios da Educação (MEC) e da Ciência e Tecnologia (MCTI), conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e é supervisionada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Seu objetivo é estimular o estudo da Matemática em alunos e professores de todo o país.

Comentários