Parauapebas: Motoqueiro morre em colisão com ônibus

0
358

Na noite de sábado 07, a imprudência e a alta velocidade culminou na morte por acidente do trabalhador braçal Robson Pereira Costa e Silva, 32 anos de idade, ele morreu quando a moto que pilotava uma Honda, Bros, preta, sem placa e também sem farol, bateu na lateral esquerda do ônibus da empresa Júlio Simões, de prefixo 10923, placas NTB-7192, quando o mesmo realizava uma manobra as margens da estrada na altura do residencial Brasília, em Parauapebas.

A colisão aconteceu por volta das 22h30 mm, na estrada Vicinal -10.

A nossa equipe de reportagem esteve no local e apurou junto a guarnição dos Sargentos PMs Ademilson e Elivan, que após o acidente o motorista acionou o SAMU e também a polícia permanecendo no local até a chegada do socorro.

A vitima estava sem capacete e devido a forte pancada que sofreu na cabeça o rapaz veio a óbito instantaneamente no local.

Enquanto que com medo de represália o motorista identificado por Francisco De Assis Falcão 31 anos, foi retirado do local por um representante da empresa e apresentado na delegacia para o delegado plantonista onde o mesmo foi ouvido em depoimento e em seguida liberado.

Nas declarações que fez a polícia Francisco De Assis, relatou que fazia a manobra naquele local quando percebeu o farol de uma moto, instante em que teria parado, ao observar que o pequeno veículo havia passado tentou entrar na pista quando de repente sentiu um grande baque na lateral esquerda do ônibus, momento que desceu e se deparou com a moto e a vitima caída na pista.

“No local é bastante escuro e como o piloto vinha com a moto sem farol não teve como o motorista avistar a moto que trafegava em alta velocidade” disse um agente de transito do DMTT.

Ainda no local outra pessoa que trafegava no mesmo sentido que a vítima, lembrou que minutos antes da tragédia Robson Pereira havia passado por ela em alta velocidade.

 

Caetano Silva- Da redação do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.