Um dia da caça e outro do caçador: Suposta vitima mata o pistoleiro em Parauapebas

0
4088
Um dia da caça outro do caçador, esse provérbio é bastante conhecido entre os jargões brasileiro, com essa mesma palavra iremos conta o que aconteceu com o nacional Guilherme Silva Viana, 19 anos de idade, morto com vários tiros de arma de fogo, disparado por uma suposta vitima que Guilherme Silva, iria executar.
O caso aconteceu por volta de 01h30, da madrugada desta sexta-feira (25)  na rua Afonso Aurino, entre as ruas Sol Poente e 24 de março no bairro da Paz.
De acordo com o delegado plantonista José Aquino, Guilherme Silva teria chegado ao local para matar uma pessoa, só que quando desceu da moto na esquina da rua Sol Poente e caminhou em direção ao endereço da vítima a mesma já o aguardava escondida atrás de um beco e sem contar conversa, atirou no pistoleiro.
Nos primeiros levantamentos, Guilherme Silva, que estava usando um colete a prova de bala,  teria chegado ao local para matar uma pessoa, entretanto a informação vazou e sua presa se armou e o esperou, quando o pistoleiro apareceu no local o mesmo foi surpreendido por quem seria sua vítima.
A polícia não encontrou no local nenhuma cápsula de bala nem tão pouco a arma que o homem portava.
Caetano Silva do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.