Terminal da Vale é interditado por tempo indeterminado

0
532

A Justiça determinou, nesta quinta-feira (21), a suspensão temporária das atividades econômicas da Vale e da ArcelorMittal Brasil no complexo portuário de Tubarão, no Espírito Santo. A decisão vale para o Píer 2, que movimenta minério de ferro, e para o Píer de Carvão. A Vale disse, em nota, que a medida afeta as atividades de importação e exportação.

Em coletiva de imprensa realizada hoje em Vitória (ES), a Polícia Federal (PF) disse que a suspensão foi determinada após a constatação de que partículas de minério e de carvão estariam sendo lançadas diretamente no mar de Camburi. De acordo com o delegado Victor Soares, a decisão só poderá ser revertida caso o complexo adote medidas que possam minimizar ou acabar com a poluição.

Uma CPI da Assembleia Legislativa do Espírito Santo concluiu, no ano passado, que Vale, Arcelor e Samarco são as principais responsáveis por esse tipo de poluição na Grande Vitória. O terminal de Tubarão escoa cerca de 30% da produção da Vale.

Em comunicado à imprensa, a Vale disse que “recebeu com surpresa” a notificação da PF nesta quinta-feira. A mineradora disse que “tal medida paralisa as atividades de exportação e importação da Vale no Espírito Santo, provocando grande impacto na economia do estado, com reflexos em Minas Gerais. A Vale informa que irá adotar todas as medidas judiciais cabíveis para garantir o reestabelecimento das suas atividades na Ponta de Tubarão”.

A companhia afirmou ainda, na nota, que “vem atuando e investindo continuamente em seus sistemas de controle ambiental e cumprindo rigorosamente a legislação ambiental vigente” e que “reitera o seu compromisso com as comunidades da região da Grande Vitória, com o meio ambiente e com as suas operações”.

O porto de Tubarão é administrado pela Vale e está localizado na ponta de Tubarão, na parte continental do município de Vitória. Além do minério de ferro, movimenta diversas outras cargas, como grãos e combustíveis.

A ArcelorMittal disse que não foi notificada pela Polícia Federal e afirmou que não opera no complexo portuário de Tubarão.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui