Taxista de Belém desaparece em Parauapebas e carro é encontrado com homem que usava RG falso

Caetano Silva - da redação

0
3132
Continua em mistério o desaparecimento do motorista de táxi identificado por Jean que teria sido fretado em Belém do Pará por dois casais para realizar uma corrida ao município de Parauapebas.
De acordo com informações obtidas pela equipe de reportagem do Portal Noticias de Parauapebas, Jean teria deixado a capital na manhã de Sábado (27) e ao chegar em Parauapebas teria ligado para a esposa avisando que tinha chegado e que iria descansar para depois retornar e na tarde de terça-feira (30) dois homens foram apresentados na 20°  Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas com um táxi placa de Belém.
O veículo prisma de cor branca e placa QDR-2668, Belém (PA),  foi abordado  pela guarnição da Polícia Militar em  atitude suspeita na rodovia Faruk Salmem,  próximo a Palmares Sul.
A informação repassada para a polícia era que o veículo estaria transportando entorpecente tipo cocaína, entretanto ao ser abordado a polícia não encontrou nada.
Os policias ao indagar sobre a origem do veículo o motorista que não apresentou carteira de habilitação tentou convencer a guarnição de havia tomado o veículo emprestado de um amigo em Belém.
Nas primeiras investigações realizada pela equipe de policiais civis da 20° Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas foi descoberto que o motorista está desaparecido e de acordo com o delegado plantonista Fabrício Andrade, ao ser apresentado pela PM a polícia civil foi descoberto que o homem que se identificou e apresentou identidade com o nome de José, tinha o RG falso.
Agora a polícia tenta descobrir onde está o taxista, as suspeitas é que o mesmo tenha sido vítima de latrocínio praticado pelo acusado que foi enquadrado por falsificação de documento público e suspeita de latrocínio.
O acusado teve sua prisão preventiva pedida pelo delegado Fábricio Andrade e no final da tarde de quarta-feira, 31, foi encaminhado para área carcerária da Susipe. Mas, até o presente momento a polícia não sabe do paradeiro do taxista.
Perguntado ao acusado se havia matado motorista ou se o mesmo estava amarrado no matagal  ele respondeu que o mesmo irá aparecer.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here