Farinha aumenta 62% no 1° semestre e encarece alimentação dos parauapebense

1062

Apesar de o Pará ser o maior produtor de mandioca do País, preço da farinha chega a R$7,00 o quilo bastante consumida pelos paraenses, a farinha de mandioca teve um reajuste de 62,24%, no 1º semestre deste ano, chegando a custar R$ 7,00 o quilo. Essa alta, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), contribui para que a alimentação dos parauapebense seja uma das mais caras do Brasil.

ARTESANAL

As causas desses constantes aumentos no preço da farinha e de outros produtos básicos da mesa dos paraenses, de acordo com a pesquisa, passam por fatores estruturais.

Segundo o Dieese, o grande número de atravessadores entre os produtores e os consumidores ajuda a encarecer o produto. “Faz com que o consumidor paraense continue a ser penalizado por reajustes acima da inflação”, diz o texto da pesquisa do Dieese/PA.

PREÇOS MÉDIOS DO KG DA FARINHA
Dezembro/ 2015 – R$ 4,37.

Janeiro/16- R$ 5,43
Fevereiro- R$ 6,58
Março – R$ R$ 6,89 .
Abril – R$ 7,03
Maio – R$ 7,05
Junho – R$ 7,09.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui