Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Notícias Destaques Floresta de Carajás sedia curso de botânica tropical

Floresta de Carajás sedia curso de botânica tropical




Professores do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), em parceria com a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), realizaram um curso de botânica tropical na Floresta Nacional de Carajás, unidade de conservação (UC) administrada pelo ICMBio no estado do Pará.

As atividades, desenvolvidas entre os dias 11 e 15 de janeiro, contaram com o apoio do Instituto Chico Mendes, que já vem implementando em cooperação com essas instituições projetos de pesquisa relacionados à fauna e flora do ambiente de canga encontrado na unidade.

Durante o curso, 13 alunos – entre mestrandos e doutorandos do programa de pós-graduação em Ciências Biológicas da UFRA – participaram das práticas conduzidas pelos professores doutores Pedro Viana, Aluisio Júnior, Júlia Meirelles e Climbiê Hall. Os estudantes estiveram em contato com o ambiente de canga e floresta, realizando coletas, identificação e classificação de espécies vegetais, muitas delas endêmicas da Floresta Nacional de Carajás, isto é, com ocorrência apenas na área desta UC.

Caracterização da flora local

“Os dias de campo foram surpreendentes, pois as coletas apresentaram a rica diversidade de espécies endêmicas do ambiente de canga e da Floresta de Carajás, contribuindo para os estudos das dissertações e teses desenvolvidas pelos alunos da pós-graduação”, destaca o professor Pedro Viana, responsável pelo curso.

A aluna de mestrado Amanda Reis, que desenvolve pesquisa de genética de populações com uma família vegetal que ocorre na UC, ressalta que os dados coletados são de extrema importância para seu trabalho, uma vez que “possibilitam caracterizar a distribuição das espécies e suas alterações gênicas dentro da unidade de conservação”.

Além de proporcionar a caracterização da flora local através das pesquisas e levantamentos de campo, o curso produziu e apresentou dados que serão utilizados nos programas de conservação da flora de Carajás, desenvolvidos e apoiados pelo ICMBio e instituições parceiras.






Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

População de Parauapebas começa a sofrer com o período de queimadas

O tempo seco e quente e ainda a fumaça provocada pelas queimadas têm provocado uma série de transtornos aos moradores de Parauapebas. A população também...

Vale oferta 270 vagas para o Programa de Formação Profissional em Parauapebas

A mineradora Vale abre nesta segunda-feira, 17 até o dia 7 de julho , 270 vagas para o Programa de Formação Profissional em Parauapebas. O...

Recompensa de R$ 5 mil sobre noticias de assassinos de mulher gravida em Canaã dos Carajás

Edna Diniz Torres, 34 anos, morreu à caminho do hospital, onde iria dar a luz, na noite da última sexta-feira (14), em Canaã dos...

63 mil pessoas ainda não foram sacar o PIS/Pasep no Pará

O prazo para os trabalhadores sacarem o abono salarial relativo ao ano-base 2017 termina neste 28 de junho, mas um grupo de mais de...

Com vagas em Parauapebas, Senac abre processo seletivo para 5 municípios paraenses; confira!

Estão abertas as inscrições para os processos seletivos destinados a contratação de empregados para as unidades em Belém, Ananindeua, Castanhal, Marabá e Parauapebas do...

Comentários