Remo vence o River-PI e cola no G4 da Série C

0
104

Foi no sufoco, mas o Clube do Remo conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando fora de casa, o Leão visitou o River-PI, em Teresina (PI), e venceu pelo placar de 2 x 1, colocando os paraenses na 6ª colocação.

CONFIRA COMO FOI O LANCE A LANCE

O primeiro tempo foi mais tranquilo para o Clube de Periçá. Os azulinos abriram o placar com o zagueiro Brinner, de cabeça, mas Tote, de falta, empatou para o River-PI. Logo depois, o estreante Edno, também de cabeça, deu os números finais do confronto: 2 x 1.

Agora, o Remo soma quatro pontos, mesma pontuação do Cuiabá-MT, primeiro time na zona de classificação para a segunda fase da Série C.

Já o River-PI fica em situação complicada, com apenas um ponto somado, na nona colocação.

Na próxima rodada, o time comandado por Marcelo Veiga volta a jogar em casa, contra o Botafogo-PB, sábado (11), às 18h, no Mangueirão, em Belém, com boas chances de entrar no G4 da Terceirona.

PARTIDA

O Clube do Remo teve uma postura bem diferente das duas primeiras rodadas nos 45 minutos iniciais de partida contra o River-PI. Mesmo jogando fora de casa, o Leão deu as cartas em campo e criou as melhores oportunidades.

O Remo partiu para cima e não demorou para conseguir abrir o marcador. Em falta lateral na entrada da área do Galo, Eduardo Ramos cobrou com curva, na cabeça do zagueiro Brinner, que testou firme e inaugurou o placar: 1 x 0.

Precisando do empate, o River-PI apostava sempre na criatividade do meia Júnior Xuxa, que, apesar de ser camisa 10, atuou na faixa defensiva do campo, lançando para os laterais chegarem em velocidade até a linha de fundo.

O empate dos donos da casa veio através de uma bobeira do goleiro Fernando Henrique, que tentou colocar a bola em jogo em velocidade, mas acabou saindo da área. O árbitro marcou falta. O lateral-direito Tote encheu o pé e deixou tudo igual: 1 x 1.

O jogo, então, ficou bastante equilibrado, mas os paraenses foram mais felizes no último minuto. Em contra-ataque puxado por Eduardo Ramos, Levy foi acionado no lado direito e cruzou na medida para o estreante Edno cabecear para o fundo da rede: 2 x 1.

No segundo tempo, os paraenses definiram a proposta de jogar pelo contra-ataque, sempre esperando algum erro do River-PI para oferecer perigo ao sistema defensivo adversário.

O que se viu, entretanto, foi uma verdadeira pressão dos donos da casa, que conseguiram tomar conta do jogo a partir dos 20 minutos da etapa final, com direito a bola na trave, cruzamentos perigosos e oportunidades desperdiçadas cara-a-cara com o goleiro Fernando Henrique.

Após 40 minutos, o Remo voltou a respirar. Jogadores experientes como Edno e Eduardo Ramos passaram a prender a bola e gastar o tempo para, finalmente, tirar um peso das costas do pressionado time remista nesta Série C do Brasileirão.

Fonte: DOL

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here